Doutor Baba fala pela primeira vez de sua saída do PSDB - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Doutor Baba fala pela primeira vez de sua saída do PSDB

Doutor Baba fala pela primeira vez de sua saída do PSDB

Share This
Um dos líderes da oposição em Feijó, conhecidíssimo no cenário político feijoense, doutor Baba,  deixou o PSDB este ano e se filiou no Partido do Trabalhadores (PT).
Baba disse que a decisão foi tomada pela sua trajetória política de esquerda. Disse que militou por 15 anos no PCdoB e por questão de projeto foi ao PSDB e agora retorna à esquerda, para o PT. Doutor Baba comentou ainda que levou 40 militantes dos tucanos para fortalecer a situação feijoense.
O PT é um partido que domina a politica no município. É um partido de união, que soma e que tem um grande trabalho prestado ao município de Feijó, inclusive ao estado do Acre. Então vim para o PT meramente para soma. Não pretendo ser candidato a nada. Quero continuar como médico, prestando meu serviço à população. Vim para o PT porque é o caminho certo nessa agremiação política“, Comentou.
Doutor Baba ressaltou que não deixa nenhuma marca negativa para trás em sua trajetória entre os tucanos, mas o PSDB foi quem perdeu com a saída dele. Baba reclamou que não teve muita atenção como está tendo no PT, porem esta saindo sem magoas mesmo sendo deixado de lado durante a candidatura para deputado estadual pelo seu ex-partido.
Muita gente tem comentado após a saída do médico do PSDB, que ele foi comprado em troca de cargo político no PT. Perguntado sobre o assunto, doutor Baba informou que isso não passa de comentários porque ele não foi para o PT com nenhuma intenção. Ele garantiu que seu trabalho toma muito tempo e se sente muito ocupado para assumir cargo político.
Perguntado ainda se o PT o convidasse para ser candidato a vereador ano que vem, Baba respondeu:
“Eu não poderia responder isso agora. É um assunto que tem que ser bem pensado e como lhe disse eu sou soldado. Entrei para militar e quero ajudar os companheiros nas eleições de 2016. Eu fui convidado por Francimar Fernandes para o PT e aceitei  o desafio e vim não para ser candidato, mas quem sabe futuramente se surgir uma oportunidade de candidatura quem sabe… mas tenho que está preparado pra isso. No momento não estou preparado. Estou apenas dedicado a minha profissão” finalizou.
fonte   www.correiodoacre.com.br

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages