Última hora
recent

MPE anuncia jornada de trabalho reduzida a mães que amamentam e a pais com filhos deficientes

Servidoras do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) que têm filhos menores de um ano de idade poderão continuar amamentando, normalmente, mesmo após o fim da licença. A garantia foi dada pelo procurador-geral de Justiça Acre, Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, nesta terça-feira, 27, durante a abertura da ‘Semana do Servidor’ no MPAC.
Oswaldo D’Albuquerque assinou dois atos que institucionalizam alguns benefícios. Com a medida, foram criados os programas ‘Família Acolhedora’ e ‘Dia do Servidor do MPAC’.
Oswaldo D’Albuquerque assinou dois atos que institucionalizam alguns benefícios
O programa ‘Família Acolhedora’ autoriza as mães, após a licença-maternidade, a terem uma hora diária na carga horária de trabalho destinada à amamentação – até o primeiro ano de vida da criança.  Servidores com filhos portadores de deficiência também terão a jornada reduzida em uma hora.
O ‘Dia do Servidor do MPAC’ autoriza o funcionário a tirar um dia de folga, por semestre, para resolver questões pessoais, sem nenhum desconto salarial e abatimento no banco de horas.
“Nós temos buscado dar melhores condições de trabalho para membros e servidores, mas, principalmente, criar um ambiente, dentro do Ministério Público do Acre, que priorize o bem-estar do servidor, para que ele sinta-se feliz. Isso é bom não só pra ele, mas para a instituição, que terá um colaborador motivado, o que vai refletir na qualidade dos serviços prestados à população”, comentou.
O procurador-geral também falou dos benefícios previstos no Plano de Carreira dos servidores, além dos investimentos em infraestrutura.
fonte  contilnetnoticias.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.