Última hora
recent

Vídeo: ausência de Feliciano, confusão e ‘beijaço’ gay marcam evento evangélico em Rio Branco

O Aviva Rio Branco, um dos mais aguardados eventos do calendário evangélico de Rio Branco, teve início nesta sexta-feira (2) e foi marcado por uma confusão entre um casal evangélico e ativistas do movimento LGBT, que estavam na Concha Acústica, no Parque da Maternidade, para protestar contra o posicionamento do deputado federal Marco Feliciano.
O deputado e pastor Marco Feliciano, que era o nome mais aguardado da noite, só apareceu em um vídeo exibido em um telão explicando que não compareceria ao evento. O Aviva Rio Branco foi organizado pelo pastor Maicon Gomes, da Igreja Assembleia de Deus. Milhares de pessoas de diversas denominações evangélicas compareceram ao ato religioso.
Um grupo ligado ao movimento LGBT chegou cedo ao evento. Munidos de faixas e cartazes, eles organizaram um protesto contra o deputado federal Marco Feliciano, que é declaradamente contrário à união de pessoas do mesmo sexo. Enquanto se organizavam para o protesto, o grupo se desentendeu com um casal evangélico.
A jovem Rebeca Rodrigues afirmou que foi agredida por uma senhora evangélica. “Ela me deu um murro bem aqui na boca e jogou os sapatos dela em mim”, queixou-se mostrando o par de sapatos e a boca machucada.
Jovem disse que foi agredisse com soco e sapatadas por evangélica/Fotos: Anderson Bodanese/ContilNet
O marido da suposta agressora, José Paulo Alves, afirmou que o desentendimento foi causado pelos jovens defensores do movimento gay e ressaltou que a sua esposa, que não teve o nome revelado, enfrenta problemas de saúde e toma remédios controlados.
“Desde que chegamos aqui que eles estavam provocando. Estavam ameaçando ir lá na frente fazer tumulto contra o pastor Feliciano, que era aguardado como pregador da noite. Eles, os gays, não respeitam as manifestações evangélicas. Ele, o Marco Feliciano, não viria aqui como deputado e, sim, como pastor. Não vejo motivo para protestos”, ressaltou.
Pasto Maicon, ao lado da ex-deputada Antônia Lúcia,
Maicon Gomes, organizador do evento, reforçou o recado já deixado por Feliciano em vídeo e ressaltou que o pastor não compareceu ao Acre por motivos de saúde.
Grupo trouxe cartazes para protestar contra Feliciano/Foto: Anderson Bodanese/ContilNet
“Foi a primeira vez que ele falhou e temos que perdoá-lo por isso. Aqui estamos felizes porque o dono da festa não faltou que é o senhor Jesus”, frisou, dando continuidade ao ato religioso.

fonte   contilnetnoticias.com.br
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.