Última hora
recent

Mistério: Promotora de Justiça do caso Telexfree é encontrada morta com tiro na cabeça

A polícia do Acre ainda não sabe dizer se o tiro que matou a promotora de justiça Nicole Gonzales foi acidental e se ela cometeu suicídio, na noite desta domingo (29), dentro do próprio apartamento, localizado no primeiro andar do edifício Florença, próximo a Uninorte.
Um vizinho de Nicole que não quis se identificar disse que estava passeando com seu cachorro quando ouviu um disparo. “Estava chegando no apartamento quando ouvi um barulho, tipo um disparo de revólver. Ao entrar em caso falei com minha esposa que achava que era um tiro, mas ficou por isso, e após cerca de 30 minutos começaram chegar ambulâncias e o carro do IML. Dai me dei conta que o que tinha ouvido era mesmo um tiro de revólver”, conta um morador do terceiro andar do edifício Florença.
A Secretaria de Segurança Pública do Acre marcou uma reunião de emergência com autoridades das polícias Civil e Militar, e com membros do Tribunal de Justiça do Acre, para a noite deste domingo. Até o momento ninguém sabe dizer o motivo que levou a morte da promotora de justiça.
Do lado de fora do edifício onde ela morava dezenas de pessoas, entre elas jornalistas, autoridades e amigos aguardam pelos peritos do IML que estão no local fazendo a perícia, e que poderão identificar os motivos da morte precoce de Nicole.
“Algumas pessoas falam em assalto, mas acreditamos que esta possibilidade fora da realidade. Acho que ela cometeu suicídio”, disse outro morador do prédio.
fonte  contilnetnoticias.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.