Última hora
recent

Mulher é morta a golpes de facão tem barriga aberta e costurada

A vítima, Jardineis Oliveira da Silva moradora do km 28 do Ramal Antimary, região que faz parte do bairro Transacreana, estava desaparecida deste a tarde do último domingo (15) e foi achada por populares no Km 100 na manhã de segunda-feira (16). Ela estava amarrada, seminua, desvicerada e com golpes espalhados pelo corpo.
A queixa do desaparecimento foi registrada pelo marido da vítima Francisco Vanis Mesquita que informou a polícia que Jardineis havia saído de casa por volta do meio dia com sua filha de 6 meses, dizendo que ia até a casa do vizinho.
Preocupado com a demora da esposa, ele resolveu ir até a casa onde ela havia informado que ia e no caminho encontrou seus pertences jogados no meio da estrada e também a carteira de Lucimar Bezerra da Silva , considerado nas redondezas como um homem violento e que tinha o habito de praticar estupros.
Após a queixa, a policia começou a realizar buscas no local e na manhã de segunda-feira (16) por volta das 07h00 da manhã o corpo de Jardineis foi localizado por populares no km 100 do ramal Antimary a beira de um córrego. Ela estava amarrada, seminua e com golpes espalhados pelo corpo, possivelmente feitos por um facão e ainda com uma incisão na barriga que havia sido costurado.
Como a criança não foi localizada a suspeita era de que tinha sido morta e suturada na barriga da mãe, porém após o laudo da necropsia feita pelo Instituto Médico Legal (IML) foi confirmado que não havia criança no ventre da vítima, totalizando apenas uma morte.
Uma guarnição do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) também esteve no local e ainda chegou a realizar buscas na intenção de localizar o corpo da criança, mas, sem êxito. A criança continua desaparecida.
De acordo com informações da polícia civil, Lucimar Bezerra da Silva é considerado o principal suspeito de cometer o homicídio e foi preso. O caso foi registrado na Delegacia de Flagrantes (DEFLA) e um inquérito já foi aberto para chegar a motivação e conclusão do crime.
Um laudo do IML deverá sair nos proximos dias e deve apurar se Jardineis foi também vítima de estupro.
fonte  www.oriobranco.net
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.