Última hora
recent

Acre é o 4º onde mais se trabalha sem salário

Os mais recentes dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativos a 2014, aponta que o Acre é o 4o Estado brasileiro que tem mais pessoas trabalhando sem salários. Apesar de esse grupo compor aqueles que trabalham por conta própria e empregados ligados em atividades agrícolas, o cenário aponta para um largo contingente de não remunerados – 18 mil acreanos trabalham sem ganhar dinheiro -o que faz um total de 5,3% da população economicamente ativa. A pesquisa não informou o tipo de atividade desenvolvida.
No Brasil, mais de 2,5 milhões de brasileiros trabalham ao menos uma hora por semana sem receber salário. No período de um ano (entre 2013 e 2014), o número dos trabalhadores sem renda saltou para mais de 58 mil pessoas. As mulheres são maioria nessa situação. No ano passado, elas somavam praticamente o dobro do que os homens – 1,6 milhão de 2,5 milhões – que não recebiam salário.
1º: Piauí: 6,32% da população empregada (103 mil pessoas)
2º: Maranhão: ,87% da população empregada (181 mil pessoas)
3º: Pará – 5,4% da população não remunerada (190 mil pessoas)
4º : Acre – 5,3% da população não remunerada (18 mil pessoas)
5º : Espírito Santo – 4,98 % da população não remunerada (99 mil pessoas)
6º : Amazonas – 4,76% da população não remunerada (82 mil pessoas)
7º : Rio Grande do Sul – 4,56% da população não remunerada (278 mil pessoas)
8º : Sergipe – 4,19% da população não remunerada (44 mil pessoas)
9º : Paraíba – 3,85% da população não remunerada (69 mil pessoas)
10º : Rondônia – 3,84% da população não remunerada (33 mil pessoas).
fonte  www.jornalatribuna.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.