Acreano Francimar Bodão vence bósnio na 1ª luta do card preliminar do UFC nos EUA - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Acreano Francimar Bodão vence bósnio na 1ª luta do card preliminar do UFC nos EUA

Acreano Francimar Bodão vence bósnio na 1ª luta do card preliminar do UFC nos EUA

Share This
Na primeira luta do UFC Fight Nigh 81, realizado em Boston, nos Estados Unidos, falou mais alto a experiência de Francimar Barroso, o Bodão, sobre a juventude de Elvis Mutapcic. Em sua quarta luta na organização, o brasileiro fez o arroz com feijão neste domingo para derrotar o bósnio, que estreava no Ultimate, e embalar sua segunda vitória seguida entre os meio-pesados. O triunfo veio por decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27).
Bodão venceu Elvis Mutapcic por decisão unânime dos juízes
No primeiro round, os lutadores começaram se estudando muito, com o bósnio arriscando alguns chutes altos, mas sem eficiência. Bodão calculava a distância e tentava entrar com cruzados de esquerda. Já no meio do assalto, Mutapcic errou um golpe e acabou sendo derrubado pelo brasileiro, que caiu por cima, mas na guarda do bósnio. Mesmo em uma posição teoricamente mais confortável, Bodão sofreu com cotoveladas diretas na cabeça e não conseguiu desenvolver seu jogo de jiu-jítsu, arte marcial em que é faixa preta.
Foto/captura
Em vantagem na contagem dos juízes, Bodão decidiu esperar o adversário tomar a atitude para poder contra-atacar no segundo round. Logo no começo, o brasileiro arriscou uma nova queda, mas não teve sucesso. Em pé, continuava melhor e, em um dos cruzados de esquerda, chegou até a derrubar o protetor bucal de Mutapcic.

Respirando já com a boca aberta, e com cortes no supercílio e na boca, o bósnio demonstrava muito cansaço na volta para o útimo assalto, enquanto o brasileiro parecia estar muito melhor fisicamente. Entrando e saindo com golpes rápidos, Bodão aceitou uma trocação com Mutapcic, mas mesclava com tentativa de quedas, para garantir a vitória. No final, aceitou alguns golpes do rival e até perdeu o round, mas não a luta.
fonte  .uol.com.br

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages