Última hora
recent

Surpresa com pedido, noiva diz “sim” para Bodão: “Homem da minha vida”

A carioca Milenna Tonnera conquistou o coração do lutador Francimar Bodão. O acreano aproveitou as câmeras e a pediu em casamento após vencer o bósnio Elvis Mutapcic, no domingo, em Boston, nos Estados Unidos, na luta de abertura do “UFC: Dillashaw x Cruz”. Surpresa com o pedido, a educadora física, de 28 anos, aceitou e se declarou ao futuro marido.
- Claro que aceito. Ele é o homem da minha vida, estou muito feliz. Vamos ver agora, combinar a data. Foi uma surpresa, não estava esperando que ele fosse fazer isso. Ele é uma pessoa muito tímida, então, me surpreendi – disse, por telefone.
Milenna contou que eles se conheceram há seis anos, na academia onde ela trabalha como personal trainer e ele treina na Nova União, no Rio. O casal se formou há quase três anos.
- Há dois anos moramos juntos e a gente já se considera marido e mulher. Fiquei muito feliz, primeiro pela vitória e segundo por saber do pedido de casamento. Vim saber depois. Quando acabou a luta, meu telefone não parava de tocar, muitas mensagens e as pessoas brincando, dizendo “aceita”. Até respondi: “não estou entendendo o que vocês estão falando”. E aí me falaram que ele tinha me pedido em casamento antes do anúncio da vitória. Não vi porque estava no evento e não tinha como escutar o que estava sendo transmitido. Eu tenho esse sonho de oficializar, ele também e são duas comemorações para mim – completou.
Milenna Tonnera, futura esposa de Francimar Bodão (Foto: Reprodução/Facebook)
Segundo Milenna, ela já visitou o Acre, estado natal do lutador, em duas oportunidades. A futura esposa afirmou ainda que até o início de fevereiro eles estarão no Acre para comemorar a vitória e o casamento com a família de Bodão.
O meio-pesado derrotou Elvis Mutapcic por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28 e 30-27). Essa foi a terceira vitória de Bodão no Ultimate – ele tem mais quatro lutas de contrato. Nas outras vezes que entrou no octógono pela organização, venceu duas (contra Ednaldo Lula e Ryan Jimmo, ambos por unanimidade) e perdeu uma (para Stringer, em decisão dividida).
fonte  www.jornalatribuna.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.