Mais um Jovem Feijoense Nascido nas Barrancas do Rio Envira, Forma-se em Medicina - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Mais um Jovem Feijoense Nascido nas Barrancas do Rio Envira, Forma-se em Medicina

Mais um Jovem Feijoense Nascido nas Barrancas do Rio Envira, Forma-se em Medicina

Share This
O apoio familiar na educação
Doutor, José Elielson Aguiar dos Santos, 31anos, solteiro nascido no Seringal Nazaré, Alto Rio Envira, filho do professor José Elias Viana dos Santos e da senhora Rita Aguiar dos Santos. Elielson começou seus estudos de 1ª a 4ª série na escola Nossa Senhora de Nazaré, na zona rural de Feijó, o mesmo foi alfabetizado pelo próprio pai que era professor daquela escola, após terminar os seus estudos naquela esola, no seringal Nazaré, Elielson veio morar com seus avós, Manoel Paulino de Aguiar e a senhora Cleuza de Aguiar, na cidade Feijó, morando com os mesmos nove anos.
Chegando à cidade, Elielson, deu continuidade aos seus estudos na escola estadual de ensino fundamental Raimundo Augusto de Araujo, onde estudo até a 8ª série, concluindo assim, na época o ensino de primeiro grau. Dando continuidade aos seus estudos Elielson, concluiu seu ensino médio na escola estadual José Gurgel Rabello.
A Primeira experiência de trabalho
Ainda estudando o ensino médio Elielson, teve a oportunidade de conseguir uma bolsa e estagiário pelo o período de três anos e seis meses, no banco da Amazônia, este estágio foi de grande importância  para o mesmo, pois possibilitou a ele fazer algumas economia, pois tinha um sonho que era ser médico e queria realizá-lo, mas o que ganha como estagiário era pouco, mas mesmo assim, conseguiu comprar uma moto. Acabou o estágio e Elielson, ficou desempregado e ficou vendo seu sonho de ser médico, cada vez ficando mais distante, mas o mesmo não estava satisfeito com isto, até que resolver tomar uma decisão na sua vida, estudar medicina na Bolívia, uma decisão um tanto, quanto muito audaciosa, porque ele não tinha dinheiro, só uma moto e seus pais não tinham condições de mantê-lo estudando lá na Bolívia, só para se ter uma ideia seu pai ganha novecentos reais mensais, dando aula em uma escola na zona rural, mas o mesmo já estava decidido.
A decisão de ir para a Bolívia cursar medicina
Então, Elielson, chamou se pais para uma conversa e disse aos mesmos, se eles conseguissem mandar pelo menos trezentos reais mensais para ele, ele iria para a Bolívia fazer medicina, então seus vendo atitude e os reais interesses do seu filho, deixaram o mesmo e resolveram contar mais ainda as despesas e os gastos desnecessários e decidiram mandar mensalmente quinhentos reais, para Elielson, tudo com amor no intuito de ver seu filho realizar seu sonho que era forma-se em medicina e ser médico. Mas, Elielson, tinha certeza que jamais iria se  manter estudando na Bolívia, com quinhentos reais mensais, mandado pelo seus pais.  
Só que Elielson, por meio de pesquisas e informações, descobriu que existia uma universidade na Bolívia, em Santa Cruz de La Sierra, que ofertava o curso de medicina no valor de oito mil reais, na época. Então, o mesmo vendeu a moto e juntou todas as economia que o mesmo tinha juntado quando era  estagiário no banco da Amazônia e pagou todo o curso de medicina a vista.
A ajuda e o apoio de amigos e familiares para realização de seu sonho
Elielson, mesmo sabendo que seria difícil se manter fazer o curso tão almejado com quinhentos reais,  mas, o mesmo tinha muitos amigos na cidade de Feijó, e ficou sabendo que alguns filhos destes amigos iriam estudar medicina também na Bolívia, resolver unir-se a estes amigos e aos familiares dos mesmos, e por meio destas amizades Elielson, conseguiu obter ajudas, ajudas estas que foram fundamentais para a realização de seu sonho. 
E vários foram os amigos feijoense que ajudaram Elielson, o empresário Antonio e Marlene Joel, pois na época que o mesmo decidiu ir cursar medicina na Bolívia, o Juscelino, do empresário Antonio e Marlene Joel, decidiu ir também e na medida em que os pais do Dr. Juscelino (que hoje é médico também), na medida do posível ajudavam Elielson também. 
Elielson, não só recebeu ajuda da família Joel, mas também e vários outrosa amigos, como o empresário Taveira, a Laide Alencar Leite, Erasmo Aguiar, Francimar Fernandes,  a professora Rita Feitosa, que contribuiu e muito na minha educação, portanto, Dr. Elielson, é muito grato a todos eles e aos seus pais, os seus avos, amigos e a todos que direto ou indiretamente, contribuíram para que o mesmo realizasse seu sonho, pois, sem ajuda deles ele não teria conseguido realizar seu sonho e forma-se em médico.
A ajuda e o apoio de amigo em seu primeiro emprego, e a primeira experiência profissional como médico
Já após sua formação como médico, agora, Dr. Elielson, teve uma grande ajuda por parte dos familiares e do Delegado, Dr. Mardilson Vitorino, pessoa influente politicamente e judicialmente, o Dr. Mardilson, conseguiu para Elielson, logo que o mesmo formou-se, um emprego, e assim o mesmo pode exercer sua profissão, atendendo a população do município de Jordão-Ac. 
A confiança e o respeito da população de Jordão que lhe acolheu
E o Dr. Elielson, no exercício de sua profissão no município de Jordão, já está clinicando á mais de três anos e atendendo a todos o que lhe procuram, com muita atenção, dedicação, zelo, amor e carinho e de maneira e simples e afetiva, como é seu jeito de ser, já identificou com a população, conquistando o respeito e admiração de todos os jordaniense.  Dr. Elilson, desde já agradece a população jordaniense, a qual o mesmo tem um respeito imensurável, pela acolhida, amizade de todos.
A busca incessante pelo o CRM
Durante todo este tempo que Dr. Elielson, está trabalhando no município de Jordão, o mesmo, não paro estudar e com os recursos que ele recebia já como médico, serviu para que ele pudesse fazer as famosas e difíceis provas do conselho regional de medicina. E agora neste mês de fevereiro, Dr. Eleilson, conseguiu passar nas provas e ser aprovado no conselho regional de medicina, e está só aguardando o conselho liberar o número de seu CRM, e está previsto para ser liberado, já agora no mês de março, só assim definitivamente Dr. Elielson poderá exercer sua profissão e clinicar publicamente em qualquer lugar do país. 
A mensagem aos jovens estudantes feijoenses
O mesmo deixa uma mensagem a todos jovens estudantes feijoenses, “eu aprendi na vida que "NÃO HÁ VITÓRIA SEM LUTA..." e que nenhuma luta se vence sozinho, o reconhecimentos pode ate vir de alguns, mas o motivo desse reconhecimento é construído em conjuntos com aquelas pessoas que realmente estão ao seu lado e sonham junto com você, e está sendo graças a DEUS e a cada um de vocês que os meus sonhos estão sendo possível!” 
fonte   acrefeijonew.blogspot.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages