Última hora
recent

Lamparina explode e atinge rosto de criança de dois anos

Uma menina de dois anos teve o rosto, parte do couro cabeludo e braços queimados após a explosão de uma lamparina na casa onde mora, na zona rural de Brasileia, distante 232 km da capital Rio Branco, na BR-317.
Segundo o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, o acidente ocorreu na noite do sábado (4), mas o órgão  foi acionado apenas no domingo (5).
De acordo com o sargento Adacir Viana, dos Bombeiros, o padrasto da menina acabou colocando o combustível errado na lamparina, o que ocasionou uma pequena explosão. Os familiares chegaram a apagar o fogo com uma toalha. Após o resgate, ela foi encaminhada ao Hospital das Clínicas Raimundo Chaar, localizado no município.
"O padrasto foi acender a lamparina, não sei se houve falta de atenção, mas deveria ter óleo diesel e ele colocou gasolina. No momento que foi acender, a criancinha estava próximo. Houve uma pequena explosão e atingiu em cheio o rosto dela e pegou fogo no cabelo dela. Apagaram com a toalha", explica.
Viana acrescenta que a família demorou a acionar o Corpo de Bombeiros por acreditar que não haveria necessidade de levar ao hospital. Por isso, que o batalhão foi chamado apenas no dia seguinte. O sargento ressalta que chegaram a colocar, inclusive, manteiga no rosto da criança.
"Somente no dia seguinte, a família foi em uma outra propriedade e conseguiram uma ligação para parentes que estavam na cidade. Essa pessoa nos informou pessoalmente e fomos. Pessoas do interior têm o costume de usar material de casa. Eles acharam que não seria o caso de levar ao hospital, que em casa resolveria", diz.
A gerente administrativa do hospital, Silvania Batista, informou que a menina foi transferida para Rio Branco na manhã desta segunda-feira (6). Ela não informou detalhes sobre o estado de saúde. "Foi feito todo o procedimento necessário aqui, mas precisava de atendimento mais delicado e ela foi encaminhada", afirmou. O G1 tentou, mas não conseguiu localizar a família da criança.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.