Mulher é espancada com vassoura até desmaiar, 8 dias após dar à luz - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Mulher é espancada com vassoura até desmaiar, 8 dias após dar à luz

Mulher é espancada com vassoura até desmaiar, 8 dias após dar à luz

Share This
Uma jovem de 22 anos foi levada desacordada para o Hospital João Câncio, em Sena Madureira, no interior do Acre, após ser espancada pelo marido com um cabo de vassoura, no domingo (19). Ela, que pediu para não ser identificada, sofreu golpes na cabeça até desmaiar. Fazia apenas 8 dias que ela tinha dado à luz uma menina.
O marido fugiu do local, mas foi preso pouco tempo depois e levado à delegacia do município. Após levar pontos na cabeça, a vítima recebeu alta médica e está na casa da mãe com os filhos.
O delegado Rêmulo Diniz informou que existem outras ocorrências de ameaças envolvendo o casal, mas a dona de casa teria desistido de prestar queixa.
O homem foi levado ao presídio ainda na noite de segunda-feira (20) e vai responder por lesão corporal e ameaça qualificadas pela Lei Maria da Penha. "Ele optou ficar em silêncio. O que sabemos é da versão da mulher, que disse que ele chegou bêbado e começou a agredir, primeiro verbalmente, depois com o cabo de vassoura",  explica o delegado.
A dona de casa relata que o agressor estava com amigos no Rio Iaco e chegou bêbado em casa. Ela diz que se queixou dele e o acusou de não ajudá-la a cuidar dos quatro filhos. Irritado, o homem partiu para a agressão, segundo a vítima.
Essa não seria a primeira vez que os dois discutiam, mas segundo ela, nunca chegou a ser agredida fisicamente por ele. No momento da agressão, o filho de um ano do casal e uma bebê de apenas 8 dias estavam na casa. Com medo, ela afirma que nem pensa em perdoar o marido e vai ficar na casa de familiares.
"Os outros filhos estavam brincando na rua. Eu fui deixada desmaiada no chão por ele, a polícia chegou e me levou para o hospital. Brigamos sim, mas ele nunca tinha feito isso comigo. Depois do que ele fez não tem como perdoar. Se não fosse a minha família eu estaria morta", lamenta a vítima.
A irmã da vítima, que também não quis ter o nome divulgado, conta que o sogro ligou para ela informando da surra após ser avisado por um conhecido. Quando ela chegou na casa, encontrou a irmã desmaiada com cortes na cabeça e hematomas.
"Cheguei na casa e ela estava desmaiada e toda marcada com pancadas pelo corpo. Ele ia quebrando o braço dela. Chamei a polícia e levaram ela para o hospital. Foram dois cortes na cabeça, cada um levou quatro pontos", afirma.
fonte  g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages