Polícia trabalha com três linhas de investigação sobre sumiço de casal - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Polícia trabalha com três linhas de investigação sobre sumiço de casal

Polícia trabalha com três linhas de investigação sobre sumiço de casal

Share This
Após o protesto de familiares em Rio Branco, a Polícia Civil resolveu, na manhã desta terça-feira (7), falar sobre as investigações do desaparecimento de Rairleny Ganum da Silva, de 19 anos, e Arnaldo Reis Praxedes, 63 anos. A polícia informou que trabalha com a possibilidade de sequestro, homicídio e latrocínio e que nenhuma dessas hipóteses foi descartada. 
Os dois têm um filho de quatro anos e sumiram desde o dia 2, quando Praxedes buscou  a menina em casa afirmando que teria encontrado um emprego para ela.
O carro dele foi encontrado incendiado no dia seguinte no Ramal do Pica Pau. A polícia revelou também que no mesmo dia que encontrou o carro, a casa  de Praxedes foi invadida e foram levadas duas televisões.
"Não descartamos nenhuma linha de investigação e também não confirmamos a morte dessas pessoas. Os dois possuíam um filho e mantinham uma relação conjugal, mas não era estável. A gente está trabalhando, principalmente, na linha de terceiros estarem envolvidos", destacou o delegado responsável pelo caso, Pedro Paulo Buzolin.
Entenda o caso
A estudante Rairleny Ganum da Silva, de 19 anos, e Arnaldo Reis Praxedes, 63 anos, estão desaparecidos desde a última quinta-feira (2) em Rio Branco. De acordo com os familiares da jovem, ela estava em casa quando Praxedes teria ido buscá-la com a promessa de que teria encontrado um emprego para ele. Os dois têm um filho de quatro anos e a menina possui também uma filha de dois. A família do aposentado não comenta o caso.
O carro de Praxedes foi encontrado no dia seguinte incendiado. Além disso, a polícia informou que a casa do aposentado foi invadida e dois televisores roubados. Para cobrar respostas das autoridades, um grupo de familiares e amigos da estudante realizou um protesto na tarde de segunda-feira (6) e fechou a Rua do Divisor, no Bairro Vitória, em Rio Branco, por pelo menos uma hora.
fonte  g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages