Última hora
recent

TSE mantém decisão de cassar o candidato a vereador pelo município de Feijó, José Carlos de Bezerra (PT) por transporte ilegal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a decisão proferida pelo juiz eleitoral, Gustavo Sirena, que, em 2012, condenou o candidato a vereador pelo município de Feijó, José Carlos de Bezerra (PT), por abuso do poder econômico e captação ilícita de sufrágio, porque, no dia das eleições de 2012, o filho de José Carlos Bezerra, também condenado, realizou transporte gratuito de eleitores por troca de votos em favor de seu pai. A sanção imposta foi de cassação do registro de candidatura, inelegibilidade por oito anos e pagamento de multa no valor de R$ 10 mil.
Inicialmente, o candidato – que chegou a ser eleito em 2012 – recorreu da decisão do juízo eleitoral da 7ª Zona junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), que negou o recuso e manteve a decisão de 1º grau, por maioria de votos (3X2). Ao recorrer junto à Corte Superior, o réu também teve o recuso improvido.
De acordo com o julgamento, a prova testemunhal relatou que o transporte de eleitores iniciou pela manhã, realizado pelo filho do então candidato. A prisão em flagrante ocorreu horas depois. Além do vereador, o filho, Adriano da Silva Sousa, foi condenado à inelegibilidade pelo prazo de oito anos, subsequentes às eleições de 2012.
O Tribunal Superior anotou que o transporte de eleitores no dia das eleições (art. 11, inciso III, da Lei nº 6.091/1974) é um dos tipos de crimes mais graves da legislação eleitoral, cuja pena mínima é de quatro anos de reclusão. Assentou que o TRE, soberano na análise das provas dos autos, concluiu que a conduta é grave o suficiente a ensejar a sanção de cassação de registro de candidatura, a não merecer qualquer reparo. (Ascom TRE)
fonte  contilnetnoticias.com 
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.