Escola pega fogo no AC e crianças são retiradas às pressas de prédio - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Escola pega fogo no AC e crianças são retiradas às pressas de prédio

Escola pega fogo no AC e crianças são retiradas às pressas de prédio

Share This
A Escola de Ensino Infantil e Fundamental Maria de Nazaré Lima, no bairro da Baixa, em Cruzeiro do Sul, pegou fogo na tarde desta quinta-feira (18). As chamas iniciaram por volta das 13h e ao menos 20 crianças que estavam no prédio foram retiradas com ajuda de moradores. O Corpo de Bombeiros foi acionado e tenta amenizar o fogo com quatro viaturas.
Não há confirmação de que o incêndio tenha sido mais um dos ataques que ocorrem no Acre desde esta quarta-feira (17)Uma professora que estava no local e não quis se identificar disse que o fogo começou em uma das salas.
Luciana Oliveira, que mora próximo à escola, disse que os alunos tinham acabado de chegar para o turno da tarde. "Eu estava na casa da minha irmã quando vi a fumaça e de repente o fogo aumentou. Estava cheio de alunos e na hora do fogo as professoras começaram a tiras as crianças", conta.
Gelson Oliveira, de 28 anos, foi um dos moradores que ajudou as professoras a tirar os alunos do prédio. "As crianças estavam gritando muito e nós ajudamos as professoras a tirá-las", disse.
O capitão Rômulo Barros, do Corpo de Bombeiros, informou que é prematuro falar com precisão se a ação faz parte dos ataques que ocorrem no Acre. Porém, a área foi isolada para que seja feita uma análise no local. "Estamos com a equipe operacionalizando o que houve. A estrutura também corre risco de desabamento", falou.
Rua foi isolada após escola pegar fogo em Cruzriro do Sul (Foto: Anny Barbosa/G1)
Barros disse ainda que não há risco de propagação do incêndio para as casas que ficam ao lado da escola. "O incêndio está controlado, temos ajuda de caminhões da prefeitura e de carros-pipa de empresas particulares. Estamos tendo cuidado para que a estrutura física do local não ceda e isso possa colocar em risco a vida das pessoas que estão trabalhando", acrescentou.
A diretora da escola, muito abalada, não conseguiu dar entrevista.
fonte   g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages