Partido vai pedir impugnação de Ilderlei e cassação de prefeito de Cruzeiro do Sul - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Partido vai pedir impugnação de Ilderlei e cassação de prefeito de Cruzeiro do Sul

Partido vai pedir impugnação de Ilderlei e cassação de prefeito de Cruzeiro do Sul

Share This
O advogado Paulo Gernandes, representante da Coligação ” Cruzeiro em Boas”, encabeçada pelo PSDB em Cruzeiro do Sul, disse durante entrevista na sede do partido, no Juruá, que vai pedir á justiça eleitoral a impugnação da candidatura do candidato do PMDB, Ilderlei Cordeiro e a cassação do atual prefeito da cidade, Vagner Sales, também do PMDB.
O pedido do advogado, segundo ele, tem como a prisão do chefe de gabinete da prefeitura de Cruzeiro do Sul Mário Neto e do presidente do diretório do PSDB, Edson de Paula.
Os dois foram presos pela Polícia Federal em Cruzeiro do Sul na tarde de ontem acusados pelo crime de corrupção eleitoral.
” A gente vai oferecer essa representação ao Ministério Público, a Promotoria Eleitoral e ele vai oferecer a denúncia ou não baseados nas provas, na gravação, enfim. A gravação ela ainda não será divulgada agora porque a gente precisa fazer o protocolo dela para evitar qualquer fraude, e depois vamos divulgar pra imprensa o teor dessa gravação. São vários crimes: abuso do poder economico é o principal. Tem julgado no TSE que essa compra de candidatos com a candidatura já lançada. Pra efeito de candidatura do PMDB a gente pediu a suspensão da candidatura deles e pedimos também tem a representação do crime de corrupção ativa do chefe do executivo municipal”, disse o advogado.
Gernandes disse que as provas que sustentam os pedidos são robustas e suficientes para ensejarem a cassação do registro da candidatura de Ilderlei Cordeiro e a cassação do prefeito Vagner Sales.
Mário Neto e Edson de Paula, segundo o advogado, estavam atuando na compra de candidatos a vereador do PSDB com a anuência do candidato e do atual prefeito.
Mário e Edson foram levados para a delegacia da PF em Cruzeiro do Sul onde prestaram depoimento. Segundo o delegado da PF Fabrício Santos, foi encontrado com a dupla o valor de R$ 5 mil reais.
Candidato denunciou o esquema
Ainda durante a entrevista coletiva, o PSDB apresentou o candidato a vereador Clebisson Freire, autor da denúncia que provocou a prisão do acusados. Freire disse que foi procurado por Mário Neto e Edson de Paula para que retirasse sua candidatura em troca de R$ 5 mil e um cargo na prefeitura.
Ele reiterou que participou de uma reunião onde estavam o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, o candidato do PMDB a prefeitura Ilderlei Cordeiro e os dois interlocutores.
Nesse encontro, assegurou o candidato, foi ofertada a proposta. Ele gravou toda a conversa e entregou o conteúdo para Polícia Federal que orientou o candidato para que o flagrante ocorresse.
PSDB afasta dirigente
Na mesma coletiva, o PSDB anunciou o afastamento do presidente da executiva municipal, Edson de Paula, preso acusado pelo crime de corrupção eleitoral. Edson, segundo a denúncia, apesar de pertencer ao ninho tucano, estava atuando contra a coligação encabeçada por Henrique Afonso, cooptando candidatos do PSDB para que desistissem de suas candidaturas e passassem a apoiar o PMDB, em troca de dinheiro.
fonte  www.jornalatribuna.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages