Última hora
recent

Policial acreano cedido para Olimpíada é baleado durante atentado em favela do Rio de Janeiro

O capitão da Polícia Militar do Acre Alen Marcos Rodrigues Ferreira, de 41 anos, que atua em Cruzeiro do Sul (AC), foi atingido por um tiro de raspão na testa no Rio de Janeiro (RJ) nesta quarta-feira (10). Ferreira é um dos 180 policiais militares enviados para trabalhar durante os Jogos Olímpicos de 2016. O comandante da PM de Cruzeiro do Sul, coronel Lázaro Moura disse  que Marcos recebeu socorro e passa bem. 
Além do PM, outros dois foram atacados a tiros após entrarem no Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte do Rio. Eles teriam entrado por engano na Vila do João.
Moura confirmou que o PM e outros dois foram atingidos. "Soubemos através de um áudio que ele postou. O que sabemos é que ele estaria bem e recebendo atendimento, mas os colegas foram atingidos com um tiro na cabeça. Não sabemos se ele vai voltar para o estado, por enquanto. Ele está sendo ajudado por companheiros que também são daqui e estão repassando as mensagens", disse.
Abalada, a mulher do policial, Lucélia Rocha, de 25 anos, diz que foi informada sobre o que aconteceu por um primo do policial. “A única informação que tenho é que ele está bem. Só sei disso. Ainda não consegui falar com ele”, falou.
PM está no Rio de Janeiro reforçando a segurança durante a Olímpiada  (Foto: Arquivo da família)
Marcos é casado há três anos com Lucélia, com quem tem um filho de dois anos. O capitão também é pai de um adolescente de 17 anos.
fonte   g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.