Última hora
recent

Testemunha da Operação Lares tem casa incendiada, em Rio Branco

Uma testemunha da Operação Lares teve a casa incendiada na noite desta quinta-feira (11). A residência, localizada na Rua Indonésia, no Conjunto Cabreúva, em Rio Branco, ficou parcialmente destruída. A suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso.
A proprietária da residência, Simone da Silva Oliveira, de 30 anos, estava na casa de uma amiga no bairro Conquista quando recebeu um telefonema avisando do ocorrido. Antes da chegada dos homens do Corpo de Bombeiros, os próprios vizinhos tentaram controlar o fogo
unnamed (1)
A suspeita que o incêndio tenha sido de forma criminosa é devido um pouco de óleo diesel encontrado na frente da casa. A residência também ficou encharcada de óleo.
A residência faz parte do programa de casas populares do governo e foi alvo de investigação da Polícia Civil durante a Operação Lares, devido o cadastro de Simone estar registrado com outro endereço. A partir desse ponto, Simone conta que recebeu ligações supostamente vindas de servidores da Secretaria de Habitação (Sehab), fazendo ameaças, e até a visita de um dos conduzidos coercitivamente durante a terceira fase da Operação Lares.
unnamed (4)
Ela foi intimada pelo delegado Roberth Alencar e prestou um depoimento de mais ou menos uma hora de duração, ficando no processo arrolada como testemunha.
egundo ela, que é mãe de três filhos, não faz parte de grupo criminoso e somente imagina que o incêndio tem ligação com a operação. Ela garante ser cadastrada e ter sido sorteada legalmente par aobter a casa.
A perícia criminal deve ser feita ainda nesta sexta-feira (12) para atestar a real causa do incêndio.
fontre  www.ac24horas.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.