'Estou arrasada', diz mãe de menino que morreu atropelado em comício - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
'Estou arrasada', diz mãe de menino que morreu atropelado em comício

'Estou arrasada', diz mãe de menino que morreu atropelado em comício

Share This
A mãe do pequeno Railan da Rocha Silva, de 5 anos, que morreu após ser atropelado por um carro, na noite de terça-feira (27), durante um comício em Tarauacá, conversou com o G1 por telefone e contou que está "arrasada" com a perda do filho.
O casal que estava no carro que atropelou o menino foi preso em flagrante, segundo a Polícia Civil.
O acidente ocorreu enquanto o candidato a reeleição para prefeito, Rodrigo Damasceno (PT-AC), realizava uma caminhada na rua em que o garoto morava e um carro, que não participava do evento, atropelou a criança.
Damasceno, que também é médico, fez os primeiros atendimento no menino e o levou para hospital da cidade. O garoto ainda chegou com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
A mãe do menino, a dona de casa Luziene da Rocha, disse que a criança estava em casa e já ia dormir quando, por curiosidade, acabou saindo sem que ela percebesse.
"Corri para a porta para ver onde ele estava, daí eu chamei ele para dentro de casa e ele disse que não ia, e foi para a rua. Quando vi, meu outro filho, que é mais velho, já veio para casa chorando e dizendo o que tinha acontecido. Eu corri para lá e já tinham levado ele para o hospital. Me sinto arrasada mesmo", disse a mãe.
Muito abalada, a dona de casa disse que o corpo do menino está sendo velado em casa e deve ser enterrado às 17h desta quarta (28). "Nunca pensei na minha vida que a vida do meu filho ia ser tirada assim por outra pessoa e dessa forma", concluiu.
Entenda o caso
Uma criança de 5 anos morreu após ser atropelada por um carro, na noite de terça-feira (27), durante um comício do candidato a reeleição para prefeito, Rodrigo Damasceno (PT-AC), na Rua Alípio Alves, em Tarauacá, no interior do Acre.
A assessoria de imprensa da coligação Frente Popular do município confirmou o caso e disse que o garoto morava na rua onde ocorria uma caminhada do candidato quando um veículo, que não participava do evento, acabou o atingindo.
No carro que atropelou o garoto estava um casal, que segundo a Polícia Civil, é morador da cidade de Cruzeiro do Sul, município vizinho ao do acidente. Os dois foram presos em flagrante e continuam na delegacia de Tarauacá prestando esclarecimentos.
fonte Do G1 AC

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages