Última hora
recent

Menina desaparecida há 5 meses vivia junto com homem que a levou

Uma menina de 11 anos, que estava desaparecida desde o dia 31 de março deste ano, de Xapuri, no interior do Acre, foi encontrada no sábado (3) em uma propriedade rural na Bolívia. O delegado responsável pelo caso, Cristiano Bastos, afirmou que a garota foi achada vivendo junto com o homem que a levou, de 40 anos. O homem foi preso por estupro de vulnerável.
"Eles viviam como um casal mesmo. Iniciaram o relacionamento em Xapuri, onde moravam, e decidiram fugir. Ele era vizinho dela, conhecido da família. É a pessoa que a família suspeitava desde o início, pois já tinham informação de que estavam namorando. Ele também tinha sumido de casa no mesmo período", informou o delegado.
O homem teria combinado com a menina de fugir de casa e passaram por propriedades rurais em Xapuri e Brasileia, antes de seguir para o país vizinho, Bolívia.
Segundo o delegado, mesmo a menina confirmando que vivia junto com o homem. Ela vai passar por exame de conjunção carnal para comprovar que tiveram relação sexual.
"O homem relatou que a polícia estava atrás dele e eles foram se afastando. A menina fugiu por vontade espontânea. Iniciaram um relacionamento há dois meses, se encontravam escondido e um propôs ao outro para fugir e ir embora e assim fizeram. Ele foi preso por estupro e vai ser encaminhado para o presídio de Rio Branco", disse Bastos.
O pai da menina, o agricultor Raimundo Carlos Alberto, de 48 anos, disse ao G1 em reportagem no dia 16 de abril, que a filha tinha sido "roubada" por um homem conhecido na região. Na época, ele informou que não sabia se os dois tinham alguma relação, mas afirmou que o homem costumava visitar sua casa.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.