Açaí vendido no Acre está contaminado pelo inseto transmissor de Doença de Chagas, diz secretário - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Açaí vendido no Acre está contaminado pelo inseto transmissor de Doença de Chagas, diz secretário

Açaí vendido no Acre está contaminado pelo inseto transmissor de Doença de Chagas, diz secretário

Share This
Um dos produtos mais saborosos e consumidos do mercado acreano, e em quase todo o território nacional, poderá desaparecer do mercado da noite para o dia. O açaí do Acre está contaminado pela Doença de Chagas ou Tripanossomíase americana, doença tropical parasitária causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e transmitida principalmente por insetos da subfamília Triatominae.
Em nota enviada à imprensa na tarde deste domingo (9), o secretário estadual de Saúde, Gemil Junior, confirma a presença do Trypanosoma cruzi, agente causador da Doença de Chagas nas polpas de açaí consumidas pela população do Acre e de outros estados onde o produto é enviado em grande escala.

barbeiro
O secretário diz que as amostras das polpas do açaí produzido no Acre foram colhidas em julho deste ano e encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz (IAL), em São Paulo, para que fossem analisadas.
“As amostras encaminhadas registraram a presença do agente causador da Doença de Chagas. Diante disso, a Sesacre, por meio do Departamento de Vigilância Entomológica e Epidemiológica, iniciou um trabalho de ação estratégica”, diz Gemil.
O que ele não explicou na nota foi o motivo da Secretaria de Saúde não ter alertado a população sobre o perigo do consumo do açaí, mesmo depois dos exames realizados em um dos laboratórios mais modernos do país, o Instituto Adolfo Lutz (IAL), em São Paulo, confirmar a presença do agente causador de Doença de Chagas nas polpas do produto tão consumido pela população acreana.

Vejam a nota enviada à redação no início da noite deste domingo:
NOTA DE ESCLARECIMENTO
A Secretaria de Saúde do Acre colheu, em julho deste ano, amostras de suco de
açaí no estado e encaminhou ao Instituto Adolfo Lutz (IAL), em São Paulo, para que
fossem analisadas.
O laboratório é referência em exames para identificação do DNA Trypanosoma
cruzi, agente causador da Doença de Chagas, em amostras alimentares.
As amostras encaminhadas registraram a presença do agente causador da
Doença de Chagas. Diante disso, a Sesacre, por meio do Departamento de Vigilância
Entomológica e Epidemiológica, iniciou um trabalho de ação estratégica.
A Secretaria de Estado de Saúde ressalta que esse é um tema debatido, há
muito tempo, inclusive no Congresso Nacional.
Ainda como senador da República, o governador Tião Viana apresentou projeto
de lei para que os produtores de açaí fizessem investimentos no processo de
pasteurização do suco da fruta, método que assegura a esterilização e a qualidade do
produto, permitindo assim, o consumo seguro, sem riscos à saúde.
A Secretaria de Estado de Saúde rechaça boatos maldosos e reafirma o seu
compromisso com a saúde da população acreana.
Rio Branco, Acre, 9 de outubro de 2016.
Gemil Salim de Abreu Júnior
Secretário de Saúde do Estado do Acre
fonte  contilnetnoticias.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages