Alegando crise, prefeito de Senador Guiomard exonera 66 comissionados - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Alegando crise, prefeito de Senador Guiomard exonera 66 comissionados

Alegando crise, prefeito de Senador Guiomard exonera 66 comissionados

Share This
Alegando crise, o prefeito de Senador Guiomard, James Gomes (PP-AC), decidiu exonerar 66 cargos comissionados no município. As demissões foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) da última sexta-feira (9). Os cortes incluem funcionários que atuavam nas secretarias de Obras, Planejamento, Esportes, Finanças, Agricultura, Educação, Saúde, Meio Ambiente, Assistência Social, Licitação e Contratos e Meio Ambiente.
Ao G1, o prefeito disse que os cortes foram necessários devido à redução nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Ele alega que a administração ainda não conseguiu fechar a folha de pagamento de setembro. Com as exonerações, ele busca garantir o pagamento dos funcionários efetivos.
"Não apenas Senador Guiomard, mas todos os municípios estão sofrendo com as reduções. Setembro foi o pior mês, tanto que até hoje nem os cargos comissionados nem os secretários ou o prefeito receberam. Estamos até com aluguéis de carros atrasados, isso é uma medida administrativa, mas não tivemos opções após a redução drástica nos repasses", lamentou.
Outro objetivo, segundo Gomes, é entregar a prefeitura para a nova administração com as contas em dia e fechar 2016 dentro das exigências orçamentárias da Lei de Responsabilidade Fiscal. Para isso, o prefeito também mandou recolher máquinas usadas na zona rural e cancelou os contratos de carros alugados.
"O que queremos é entregar a máquina pública para o próximo prefeito sem maiores problemas, sem contas e, principalmente, contas correntes líquidas. Estou no segundo mandato e não poderia, de maneira nenhuma, entregar o município com débitos. Vamos continuar cortando gastos onde for necessário para enxugar a máquina pública para tentar fechar o ano no azul", finaliza.
fonte g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages