Cidades do Juruá amanhecem isoladas com três protestos de “brancos” e indígenas na BR-364 - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Cidades do Juruá amanhecem isoladas com três protestos de “brancos” e indígenas na BR-364

Cidades do Juruá amanhecem isoladas com três protestos de “brancos” e indígenas na BR-364

Share This
Três protestos realizados por moradores de comunidades às margens da BR-364 e povos indígenas deixaram Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima isolados do restante do estado desde a madrugada desta quinta-feira, 27. Passageiros que seguiriam de ônibus para a capital e para fora do estado aguardam na enorme fila de veículos em cada ponto de bloqueio.
O primeiro protesto acontece na saída de Cruzeiro do Sul. Moradores da Comunidade Praia Grande usaram galhos de árvores para bloquear a BR. Eles exigem da Prefeitura a recuperação do ramal que dá acesso à comunidade. Três quilômetros mais a frente, moradores da própria rodovia bloquearam o trecho conhecido como Variante, eles querem da prefeitura a assinatura de um documento marcando data para a implantação de um sistema de abastecimento de água.

9fd3fdd8-eee3-40ec-adda-033e1d337649
A Polícia Militar está acompanhando os protestos. No início da manhã a prefeitura solicitou que os moradores da variante montassem uma comissão para conversar com o prefeito, Vagner Sales, no gabinete, porém os manifestantes se recursam e querem a presença do gestor no protesto.
O terceiro bloqueio acontece na altura do quilômetro 60 da BR-364 sentido Cruzeiro do Sul-Tarauacá, na terra indígena Katukina cortada pela rodovia. O protesto é contra a proposta do Governo Federal de acabar com a autonomia da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), através da portaria 1.907. Lideranças indígenas ocupavam ainda durante a manhã, a sede do Distrito Sanitário Especial Indígena do Vale do Juruá (Dsei) em Cruzeiro do Sul.

fonte   www.ac24horas.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages