Última hora
recent

Cidades do Juruá amanhecem isoladas com três protestos de “brancos” e indígenas na BR-364

Três protestos realizados por moradores de comunidades às margens da BR-364 e povos indígenas deixaram Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima isolados do restante do estado desde a madrugada desta quinta-feira, 27. Passageiros que seguiriam de ônibus para a capital e para fora do estado aguardam na enorme fila de veículos em cada ponto de bloqueio.
O primeiro protesto acontece na saída de Cruzeiro do Sul. Moradores da Comunidade Praia Grande usaram galhos de árvores para bloquear a BR. Eles exigem da Prefeitura a recuperação do ramal que dá acesso à comunidade. Três quilômetros mais a frente, moradores da própria rodovia bloquearam o trecho conhecido como Variante, eles querem da prefeitura a assinatura de um documento marcando data para a implantação de um sistema de abastecimento de água.

9fd3fdd8-eee3-40ec-adda-033e1d337649
A Polícia Militar está acompanhando os protestos. No início da manhã a prefeitura solicitou que os moradores da variante montassem uma comissão para conversar com o prefeito, Vagner Sales, no gabinete, porém os manifestantes se recursam e querem a presença do gestor no protesto.
O terceiro bloqueio acontece na altura do quilômetro 60 da BR-364 sentido Cruzeiro do Sul-Tarauacá, na terra indígena Katukina cortada pela rodovia. O protesto é contra a proposta do Governo Federal de acabar com a autonomia da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), através da portaria 1.907. Lideranças indígenas ocupavam ainda durante a manhã, a sede do Distrito Sanitário Especial Indígena do Vale do Juruá (Dsei) em Cruzeiro do Sul.

fonte   www.ac24horas.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.