Jovem que divulgou foto íntima de médico deve usar tornozeleira no AC - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Jovem que divulgou foto íntima de médico deve usar tornozeleira no AC

Jovem que divulgou foto íntima de médico deve usar tornozeleira no AC

Share This
Uma medida cautelar da 1ª Vara Criminal de Rio Branco determinou que a jovem Ana Caroline, de 23 anos, passe a usar tornozeleira eletrônica após publicar, em seu perfil no Facebook, a foto do pênis de um médico, de 30 anos, com quem teve um relacionamento há cerca de nove meses. Segundo a decisão, Ana fica proibida de manter contato com o homem seja pessoalmente ou através de telefone, e-mail e redes sociais.
A jovem disse também que registrou, nesta sexta-feira (21) um Boletim de Ocorrência (BO) contra o médico na Delegacia da Mulher (Deam). Ela alega que o clínico geral tinha acesso ao Facebook dela e usou o perfil para divulgar vídeos em que ela aparece seminua. Esse, segundo Caronline, foi o motivo pelo qual ela postou a foto íntima do homem.
"Achei todos os 'prints' que comprovam que ele tinha acesso a minha conta e também aos vídeos. As pessoas pensam que aquilo ali [tornozeleira] é apenas para pessoas que já foram presas, eu nunca entrei no presídio, então isso é muito constrangedor. Isso é completamente injusto, eu não falo mais com ele de maneira alguma. A Justiça não me proibiu de usar as redes sociais, mas o Facebook bloqueou minha conta pois tiveram muitos comentários", alega.
'Só quero paz', diz médico
Apesar das medidas estabelecidas pela Justiça, o médico, que preferiu não se identificar, alega que não se sente seguro. Ela relata que a Ana teria dito aos amigos que não está usando o aparelho e até riu da situação.
"Não sei se surtiu muito efeito, pelo menos o Facebook dela foi bloqueado e nesse ponto ficou melhor. Agora só o que posso fazer é esperar a Justiça fazer mais alguma coisa. Só quero fazer meu trabalho. Não quero prejudicar ninguém, só quero paz", pede.
O médico diz ainda que a jovem passou a perseguir amigos dele e que uma amiga já processou Ana por difamação. Embora a mulher negue que tenha qualquer tipo de contato com o médico ou pessoas próximas a ele.
"Temos vídeos e fotos comprovando. Tudo a gente guarda, pois pode ser usado como prova. Eu espero que ela pare com essa história de perseguir as pessoas. É uma situação que nem consigo entender. É bem difícil. Tenho um áudio que ela mandou para minha mãe dizendo que qualquer pessoa que se aproximasse de mim ela iria furar com uma faca. Isso eu vou levar para o juiz na próxima audiência, com certeza", finaliza.
Entenda o caso
Na última quinta-feira (20), um clínico geral de Rio Branco, que prefere não se identificar, relatou que vem passando por vários transtornos após terminar um relacionamento com Ana Caroline.
Na quarta-feira (19), o médico teve uma foto do seu pênis publicada no perfil do Facebook da jovem. Antes, dois vídeos dela seminua também foram publicados no perfil. A menina alega que os vídeos foram publicados pelo médico e que, por vingança, postou a foto íntima do homem.
Os dois alegam que não foram namorados, mas que se relacionavam há cerca de um ano. Desde que resolveu romper com Ana, o médico contou que já registrou 22 boletins de ocorrência. Na Justiça do Acre, ele moveu dois processos contra ela, um por danos morais e outro por difamação. O médico alega que a jovem costuma usar as redes sociais para denegrir sua imagem.
Os vídeos de Ana e a foto íntima do médico foram despublicados, mas geraram polêmica nas redes sociais. Algumas pessoas condenaram a jovem e outros julgaram o médico. Já o médico, alega que é perseguido pela jovem e que, inclusive, já foi ameaçado de morte.
Com medo que algo aconteça, o clínico geral contratou um segurança para que dê cobertura quando o médico volta para casa. Além disso, ele alega que também teve que instalar câmeras de segurança.
Ao G1, Ana informou que ainda não foi notificada formalmente da decisão. Porém, diz se sentir constrangida e que vai recorrer.
fonte  g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages