Última hora
recent

Acre só tem uma prefeitura no vermelho, diz CNM

Apesar de todas as dificuldades, um estudo divulgado nesta segunda-feira, 7, pela confederação Nacional dos Municípios mostra que apenas uma prefeitura do Acre está realmente com as contas no vermelho. Na comparação com os demais Estados, o Acre é o único que só tem um município com esse tipo de problema.
A cidade não foi divulgada e a lista pode mudar a qualquer momento porque são muitos os convênios e situações que podem incluir ou excluir uma prefeitura no cadastro de inadimplentes da União.
Feito após o primeiro turno das eleições com 3.155 prefeitura o levantamento apontou que 77% delas estão no vermelho. Em nível nacional, o rombo chega a R$ 69 bilhões. O problema traz vários outros complicadores. O atraso de salário não é o único efeito colateral da crise fiscal dos municípios. Em casos mais graves, serviços de educação, saúde e limpeza pública estão sendo afetados. Em Paramoti, escolas estão operando em meio período por falta de merenda, e a coleta de lixo foi suspensa porque a empresa contratada não recebeu.
Em agosto passado, um outro estudo da CNM indicava que penas dois municípios do Acre, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira, tinham as contas tidas como ajustadas sob o ponto de vista da Lei de Responsabilidade Fiscal. A grande maioria estava com o alerta vermelho ligado e se encontra, segundo a CNM, em situação emergencial. A pior situação era a de Manoel Urbano, que compromete 71,78% de sua receita com despesa de pessoal. Outros 14 prefeituras estão nessa condição.
prefeiturasss
fonte   www.jornalatribuna.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.