Última hora
recent

'Deixo nas mãos de Deus', diz mãe de menina que morreu atropelada

Abalada pela morte da filha mais nova de 6 anos, a dona de casa Vânia Maria diz que não quer justiça e entrega o caso nas mãos de Deus. A pequena Lais Alves Silvino da Silva foi atropelada na tarde de sábado (12), no município do Jordão, interior do Acre, por uma motocicleta, e morreu horas depois no hospital local.
Na tarde de domingo (13), o corpo de Lais foi enterrado no cemitério da cidade.
O comandante a Polícia Militar informou que a família da menina registrou um boletim de ocorrência contra o Estado, pois o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) teria se recusado a enviar um avião para levar a criança até Rio Branco.
"Estou aflita. Eu sirvo um Deus poderoso, que vai me consolar, senão seriam dois enterros hoje, o meu e o dela. Por mim deixava para lá. Meu esposo disse que não vai deixar passar. Já aconteceu, não posso está fazendo ruindade com ninguém. Acho que não fez porque quis e entrego nas mãos de Deus", lamentou.
A dona de casa contou ainda que não recebeu nenhum auxílio do motociclista. Mãe de seis filhos, Vânia disse que a família ficou revoltada por não ter sido disponibilizado o avião do TFD para Lais.
"Ela estava brincando com a filha do vizinho. Estava voltando para casa quando o sujeito veio. Eu estava limpando a igreja quando aconteceu. Minha filha foi me avisar. Não vi ele [motorista]. Não me deu nada", revelou.
A mãe falou também que a filha ficou irreconhecível após o acidente. Meu marido é o que está mais abalado, ficou todo tempo com ela. Ficou muito machucada, quebrou ela toda. O pai dela nem quis vim para o enterro", finalizou.
fonte   g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.