Última hora
recent

Dnit vai aplicar mais de R$ 220 milhões em reconstrução de rodovia no AC

As obras de restauração da BR-364, uma das principais rodovias do Acre, devem iniciar ainda este ano e devem custar mais de R$ 227 milhões. A informação foi repassada pelo diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Acre, Thiago Caetano, durante entrevista ao Bom Dia Amazônia desta segunda-feira (14).
Primeiramente, durante o chamado "inverno amazônico", serão feitas manutenções paliativas para que a BR-364 permaneça aberta para o tráfego, segundo informou Caetano. "Essas obras fazem parte de um planejamento de médio prazo do Dnit. A gente deixa claro que, apesar de estarmos dando ordem de serviço agora e as obras iniciarem de imediato, o trabalho mesmo de restauração será executado ao longo do próximo veCaetano explica que nesse momento serão feitos serviços em trechos críticos da rodovia. "As obras de restauração vão garantir o tráfego pleno da rodovia. A população, a partir do ano que vem, não vai ter mais esse problema de reclamações de buracos, atoleiros e erosão. Isso não vai existir mais", garante.
Outra novidade é que o Acre, a partir de agora, vai contar com uma superintendência própria, o que deve garantir mais autonomia nos trabalhos de recuperação, segundo o diretor.
Para a recuperação da BR-364, foram destinados R$ 227 milhões. Porém, esse valor não deve ser entregue de forma integral nesse primeiro momento.
"Não temos como colocar o empenho de todo o recurso agora. Temos a previsão de trabalhar no inverno com R$ 20 milhões e já temos a garantia do presidente da República e do Ministério de Transporte de que no ano que vem o restante do recurso, em torno de R$ 200 milhões, será empenhado. Então, nossa expectativa é que até em meados do ano que vem todo o recurso da obra seja garantido e empenhado", explica.
O diretor acredita ainda que com a recuperação da rodovia, até novembro de 2017, os problemas de trafegabilidade sejam completamente resolvidos.
Obras na 317 devem custar R$ 30 milhões
A segunda BR mais importante do estado é a 317, que liga o Acre à Bolívia. O diretor do Dnit, Thiago Caetano, diz que já há um projeto de restauração para toda a rodovia. "A previsão de licitação é até metade do ano que vem e agora, de imediato, estamos trabalhando e correndo para garantir o contorno rodoviário de Brasileia e Epitaciolândia, que é fundamental para efetivar a ligação com o Pacífico", afirma.
Em um pacote à parte da BR-364, Caetano diz que existe uma emenda impositiva para a rodovia. "Existe também uma emenda parlamentar da nossa bancada de mais de R$ 70 milhões. Com isso, a gente consegue finalizar essas obras na expectativa de iniciar no verão do ano que vem", finaliza.rão", enfatiza.
fonte Rede Amazônica Acre. 
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.