Última hora
recent

Filho mata pai e enterra de cabeça para baixo

O crime aconteceu no ramal Gadelha, zona rural de Senador Guiomard. Segundo a polícia, o crime teria acontecido no último domingo, mas o corpo da vítima só foi encontrado nesta sexta-feira 16, depois de uma investigação da Polícia Civil junto com a Policia Militar.
Segundo informações do delegado de Senador Guiomard, Ricardo Casas, na última quinta-feira 15, a família da vítima Evan Silva dos Santos, de 42 anos, teria ido até a delegacia para registrar a queixa de desaparecimento.
De acordo com o delegado, o filho da vítima teria relatado que o seu pai estava bebendo na noite de domingo e teria saído e não voltou para casa, o filho ainda teria falado à polícia que achava que seu pai havia ido até a casa de uma ex-namorada e que a ex poderia ter matado seu pai. Aí então a Polícia Civil começou a investigar e procurar a vítima. Nessa sexta-feira 16, ao realizar busca, uma pessoa que mora em uma colônia perto teria encontrado o corpo e acionou a polícia.
Segundo o delegado, o corpo estava enterrado de cabeça para baixo com os pés para fora em uma cova de cerca de oitenta centímetros de profundidade. O cadáver foi retirado pelo Corpo de Bombeiros e IML, sendo encaminhado para Rio Branco.
O delegado continuou as investigações e conseguiu descobrir que quem matou a vítima teria sido o próprio filho, junto com um comparsa.
acusado-1-1
Segundo as investigações, na noite de domingo, a vítima estava bebendo com o seu filho Everton Silva dos Santos, de 19 anos, e um amigo do seu filho João Victor de Sousa Ferreira, de 22 anos, e duas garotas que seriam namoradas dos acusados.
O filho da vítima, em depoimento ao delegado, teria contado como tudo aconteceu. segundo ele, todos estavam bebendo junto com o pai quando o próprio pai teria dado dinheiro para ele e o amigo irem comprar drogas, então eles saíram de moto e no meio do caminho a moto teria quebrado, então eles voltaram para a casa e quando chegaram os dois acusados teria presenciado o pai estuprando a a namorada de João Victor.
Segundo eles, a vítima estava com uma faca no pescoço da jovem de 19 anos e estava obrigando a moça fazer sexo oral, quando a vítima viu os acusados, teria saído correndo, mas, segundo o próprio filho, o João Victor teria dado uma paulada na cabeça da vítima que caiu e logo em seguida os dois teriam matado a vitima com pauladas e facadas.
De acordo com a polícia, durante as investigações, o filho ainda teria falado que quem teria matado o seu pai deveria apodrecer no presídio. Os dois acusados vão responder por crime de homicídio e ocultação de cadáver.
fonte  www.jornalatribuna.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.