Última hora
recent

Jogadores e torcedores morrem após naufrágio em Uganda

O fim de 2016 segue manchado pelas tragédias envolvendo equipes esportivas. Após a tragédia a delegação da Chapecoense, no dia 29 de novembro, um barco que transportava jogadores e torcedores de um clube de futebol naufragou no Lago Albert, em Uganda, deixando ao menos nove mortos e outros 21 desaparecidos.
"No momento, podemos confirmar que das 45 pessoas à bordo. 15 sobreviveram", apontou John Rutagira, comandante de polícia local, em entrevista ao jornal ugandense Daily Monitor.
De acordo informações de testemunhas à polícia local, o barco virou após as pessoas se posicionarem em um mesmo lado. Ainda segundo os relatos, as pessoas cantavam e bebiam momentos antes do acidente.
O barco trasportava 45 pessoas, um número acima do recomendado para o tamanho da embarcação. Além dos nove corpos, os 15 sobreviventes foram resgatados por pescadores e a polícia, junto dos civis, segue com as buscas.
"Estava sobrecarregado. Segundo testemunhas, a maioria dos passageiros, embriagados, sentaram de um lado do barco, o que gerou uma perda de equilíbrio", explicou Rutagira.
fonte  terra.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.