Polícia identifica terceiro decapitado por facção criminosa - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Polícia identifica terceiro decapitado por facção criminosa

Polícia identifica terceiro decapitado por facção criminosa

Share This
A Polícia Civil identificou uma terceira vítima que aparece sendo decapitada com um facão em um vídeo divulgado na terça-feira (6), que circula nas redes sociais. O jovem foi identificado como Lucas Dennedy Freire de Souza, de 20 anos. No vídeo, aparecerem quatro criminosos encapuzados. Na primeira tentativa, o grupo tentou enforcá-lo. Em seguida, um dos criminosos questiona se ele já morreu. Ao receber a resposta negativa, arrastam Souza e cortam a cabeça do jovem.
O delegado Roberth Alencar, responsável pela investigação, diz que Souza estava junto com Richard Rodrigues, de 16 anos, que também aparece em um vídeo sendo decapitado em seguida esquartejado no mesmo dia. Os corpos dos jovens continuam desaparecidos e a polícia faz buscas. A motocicleta em que estavam também está desaparecida.
"Eles estariam em um bar no bairro Sobral e Rodrigues pediu para o Souza levar ele em algum lugar. Os dois saíram de moto, teriam sido levados para um cativeiro e desapareceram. Segundo as informações, horas depois eles foram executados em um local que ainda estamos à procura. Também investigamos que o crime seja uma retaliação às morte que ocorreram no último sábado (3)", diz Alencar.
O delegado explica que a polícia fez uma análise do aúdio do vídeo e verificaram que os bandidos tentaram matar Souza enforcado, mas ele permaneceu vivo e em seguida foi decapitado com um facão.
Nas imagens, os criminosos desafiam facções rivais e alegam que as mortes são uma retaliação. Os autores do crime, segundo Alencar, já foram identificados.
"Verificamos que eles falam "e esse aí, morreu enforcado?" e percebemos que havia mais uma pessoa no local. A polícia continua incansável na busca pelos corpos das vítimas e também dos autores do crime. Temos a motivação e tudo é questão de tempo para conseguirmos elucidar esses crimes e pelo menos tentar reprimir essa onda de violência", destaca.
Esquartejamento
A Polícia Civil apresentou, na terça-feira (6), Anacleton dos Santos Moreira, de 18 anos. Ele teria gravado o esquartejamento do jovem Gabriel Nunes da Silva, de 17 anos. O vídeo foi divulgado nas redes sociais e aplicativos de mensagem na segunda (5).
O corpo de Moreira foi encontrado na manhã de terça (6), no bairro Belo Jardim II.
O secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, voltou a ligar os homicídios a briga entre as facções criminosas. Ele destacou o reforço na segurança após a polícia deflagrar a Operação Papai Noel e ressaltou a importância da rapidez nas diligências das polícia.
"O que temos que fazer é colocar essas pessoas atrás das grades. São grupos rivais disputando território. Nossa obrigação é restabelecer a ordem pública, mas essas são situações complexas e de difícil antecipação policial", destaca.
fonte  g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages