Três rapazes são executados a tiros em Rio Branco neste sábado - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Três rapazes são executados a tiros em Rio Branco neste sábado

Três rapazes são executados a tiros em Rio Branco neste sábado

Share This
Pelo menos três homicidios foram registrados na tarde deste sábado, 3, em Rio Branco. O primeiro caso foi registrado às 14h, quando Francisco da Silva Amorim, 23 anos, foi morto a tiros na Rua Joaquim Macedo, bairro São Francisco. De acordo com informações repassados por testemunhas, dois homens em um motocicleta efetuaram quatro tiros a queima roupa nas costas da vitima.
Já o segundo assassinato foi registrado na Avenida Antonio Pessoa Jucá, no bairro Tancredo Neves. Neste local, próximo a uma quadra de esportes, foi encontrado Renan Silva do Nascimento, de apenas 15 anos, agonizando dentro na rua. Segundo informações repassadas por moradores, a vitima foi abordada por homens armados dirigindo um veiculo Fiat Uno de cor prata, na calçada, próxima a uma tapeçaria. O adolescente, que estava acompanhado de um colega, foi atingido com três tiros e foi a óbito. O outro jovem que estava com a vitima fatal, também foi atingido pelos disparos, mas foi encaminhado ao Pronto Socorro de Rio Branco, mas logo em seguida recebeu alta médica.
Familiares de Renan, informaram que um rapaz identificado por Adriel teria sido responsável pelos disparos. A informação repassada a policia, é que Renan e Adriel teriam tido um desentendimento durante esta semana.
O terceiro homicidio ocorreu na rua Angico, também no bairro Tancredo Neves, por volta das 18h. Elioneu Carvalho da Silva, de 22 anos, foi abordado por dois homens também em uma motocicleta, que efetuaram vários disparos, sendo que três atingiram a vitima mortalmente.
A policia militar esteve nos três locais colhendo informações e iniciou as buscas pelos suspeitos. A equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atestou as três mortes. Os peritos do Instituto Médico Legal tiveram trabalho na tarde de sábado fazendo a pericia e encaminhando os corpos a Sede do IML.
Até o momento, nenhum acusado foi identificado ou capturado. Apesar de não se manifestarem oficialmente, investigadores da Policia Civil cogitam que a onda de execuções tenha relação com a guerra entre facções que vem ocorrendo desde o ano passado, em Rio Branco. A secretaria de Segurança Pública ainda não se manifestou sobre os casos.
fonte  www.ac24horas.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages