Última hora
recent

Enchente histórica faz 3ª cidade do Acre decretar situação de emergência

A cidade de Rodrigues Alves, no interior do Acre, foi a terceira do estado a decretar situação de emergência devido à cheia do Rio Juruá, que é a maior já registrada nos últimos 22 anos. O decreto, publicado nesta sexta-feira (3), aborda o acúmulo de precipitação e diz que um dos afluentes que mais foi atingido pela cheia foi o Paraná dos Mouras. O Rio Juruá marcou 14,22 metros nesta sexta.
O prefeito da cidade, Sebastião Correia, justificou no decreto que "diversas comunidades rurais estão sendo atingidas pela inundação, deixando centenas de residências inundadas", destaca.
Fica também autorizada a convocação de voluntários para "reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre", aponta o documento.
Os dados da Secretaria de Ação Social da cidade apontam que, ao todo, 1.734 pessoas estão afetadas diretamente com a cheia do rio. São 289 famílias e, destas, 6 estão em abrigo montado na Fábrica de Bananas da cidade e 6 foram para casa de familiares ou amigos. A comunidade mais atingida é a Foz do Paraná.
"A Prefeitura está entrando com o suporte de atendimento médico e odontológico. Todas as pessoas do abrigo estão sob a proteção e cuidado da prefeitura", explica a assessora da Secretaria de Ação Social, Josinei Correia.
Uma campanha de coleta de doações foi iniciada nesta sexta também na cidade. Josinei diz que o prefeito deve se reunir com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, durante visita às áreas afetadas pela cheia.
"Enviamos os documentos necessários para declarar emergência e outros estão em andamento, mas esperamos ter uma resposta positiva", finaliza.
Os pontos de coleta na cidade estão concentrados na sede da Prefeitura, no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Secretaria de Saúde, nos dois postos de saúde, no Conselho Tutelar e na Secretaria Municipal de Esportes.
Isolamento
Pista de acesso ao porto de Rodrigues Alves desmoronou devido ação das águas (Foto: Orleildo Bussons/Arquivo Pessoal)
Além de todos os transtornos já provocados, a enchente histórica do Rio Juruá, no interior do Acre, agora ameaça isolar os municípios de Rodrigues Alves e Mâncio Lima. Isso porque as águas do manancial têm causado um desbarrancamento que já destruiu metade da via de acesso ao porto de Rodrigues Alves.
O porto vem sendo utilizado como alternativa de acesso dos moradores dos dois municípios desde que as águas de outro rio, o Moa, invadiram a rodovia intermunicipal AC-405, provocando a interdição do tráfego para carros pequenos e motocicletas. Apenas caminhões seguem transitando normalmente na pista que teve 300 metros cobertos pelo rio.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.