Após denúncia de calote, Prefeitura de Tarauacá convoca para trabalhar homem morto há 15 ano - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Após denúncia de calote, Prefeitura de Tarauacá convoca para trabalhar homem morto há 15 ano

Após denúncia de calote, Prefeitura de Tarauacá convoca para trabalhar homem morto há 15 ano

Share This
A Prefeitura de Tarauacá continua tendo problemas na realização de concursos públicos. Após a direção da empresa Calegário ter tirado do site as informações refer
entes a concurso realizado naquela cidade, alegando ter levado um calote da prefeitura daquele município, foi a vez da atual gestão realizar um concurso simplificado que ao emitir lista de convocação havia nomes repetidos e até uma pessoa morta há 15 anos entre os aprovados.
A relação dos aprovados, onde o morto é convocado para o trabalho, foi divulgada na quinta-feira (29).
A polêmica envolvendo o concurso simplificado começou bem antes da divulgação da lista bizarra. O processo que havia sido objeto de recomendação do Ministério Público Estadual, que recomendou a suspensão do certame temporário e a realização de concurso efetivo.
Os vereadores de oposição de Tarauacá também criticaram a realização do concurso temporário alegando falta de transparência.
Mesmo diante da recomendação do MPE, o concurso para contratação temporária de 15 vagas foi realizado e resultou na divulgação da polêmica lista.
Na noite de quinta feira (30), após circular muitas críticas sobre a lista de aprovados com o nome de um falecido, a prefeitura resolveu publicar uma nota de esclarecimento. Na nota, a prefeitura afirma que a lista será corrigida e republicada.
LEIA A NOTA ABAIXO
A PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ, considerando o resultado do processo seletivo que fora divulgado no dia 29 de março de 2017, vem a público esclarecer sobre a divulgação de nome do Senhor SEBASTIÃO ROSALDO RODRIGUES LOPES para o Cargo de Vigia.
Inicialmente cumpre informar que o nome do Senhor SEBASTIÃO ROSALDO RODRIGUES LOPES provavelmente consta na lista de classificados do concurso em virtude de que este é pai do Candidato RAIRITON DE MESQUITA LOPES e supostamente da análise de currículos e seleção de nome, acabou acontecendo erro material.
Como se vê no resultado parcial, a pontuação de ambos é a mesma, 15 (quinze) pontos, e ambos estão muito próximos na ordem classificatória, fato este que demonstra o cometimento de erro material que nada afeta o resultado do certame em questão.
Resta pacificado o entendimento de que a qualquer tempo comprovado erro material pode ocorrer revisão do resultado, inclusive tendo o Superior Tribunal de Justiça se manifestado a respeito de retificação de resultado quando comprovado erro material, decisão no Mandado de Segurança de n. 17270/MT Rel. Min. José Arnaldo da Fonseca. DJ. 23.05.2005, p. 309.
Portanto, considerando o erro material em destaque, será devidamente republicada a ordem classificatória com a inserção do próximo classificado, aproveitando ainda para sanar possíveis erros materiais ainda a serem constatados em demais cargos, permanecendo inalterada a pontuação dos candidatos que já obtiveram seus nomes publicados no resultado do certame, havendo apenas a alteração dos erros materiais constatados pela comissão.
Fica inalterado o prazo para interposição de recursos prevista para o dia 31 de março de 2016.
Assessoria de Comunicação da Prefeitura
fonte  Facebook. Os Bambambans Das notícias

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages