Última hora
recent

Desembargador derruba decisão do TCE e concursos públicos vão acontecer

O Mandado de Segurança interposto pelo governo, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), foi aceito pelo desembargador Pedro Ranzi, do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), que derrubou a medida cautelar proibindo o governador Tião Viana de realizar novos concursos e contratações. A decisão foi proferida na tarde desta quinta-feira (9) em caráter liminar.
Em sua decisão, Pedro Ranzi destacou que que o Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE) extrapolou a sua competência quando, em medida cautelar e a míngua de qualquer manifestação da Assembleia Legislativa, determinou que o governador se abstenha de convocar a abrir novos concursos público para a renovação e incremento de seus quadros funcionais.
“Ademais, está presente o fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação, uma vez que palpável o risco de ineficácia da segurança (acaso deferida apenas no julgamento do mérito), haja vista a possibilidade da paralisação ou má prestação dos serviços de Educação, Saúde e Segurança em todo o Estado do Acre. Ante o exposto, defiro o pedido liminar, para suspender a decisão cautelar proferida nos autos do processo n. 23.600.2017-90, do Tribunal de Contas do Estado do Acre, até o julgamento do presente mandamus”, disse o magistrado na decisão.
Com decisão, a análise do mérito ficará a cargo do Pleno do Tribunal de Justiça, formado pelo colegiado de desembargadores. Mantendo assim, por enquanto, vigente o edital do concurso da Polícia Militar e a possibilidade de lançamento do edital da Polícia Civil em breve.
Fonte: Contilnetnoticias
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.