Expoacre 2017 AO VIVO

Última hora
recent

Acre não tem cidades entre as mais violentas do país

Nenhuma cidade do Acre faz parte da lista dos 150 municípios mais violentos do Brasil, segundo o Mapa da Violência do Brasil – 2016, que analisou crimes do tipo cometidos entre 2012 e 2014 em cerca de três mil municípios brasileiros que juntos concentram 98% dos homicídios do país. A cidade apontada como a mais violenta é Mata de São João, em Pernambuco, ponto turístico onde se localiza a Costa do Sauípe, com a taxa média de 102,9 mortes por armas de fogo para cada 100 mil habitantes. Não é de hoje, contudo, que a cidade aparece nos primeiros lugares da lista. Na última edição do estudo, com dados de 2010 a 2012, o município ficou em quinto, com 93,1 homicídios por 100 mil habitantes.
A listagem dá força á afirmação do governador Tião Viana, de que a violência no Acre é localizada e está ligada, fundamentalmente ao tráfico de drogas na fronteira, por omissão do governo federal no combate à ação de quadrilhas nacionais e internacionais que internalizam as drogas e disputam o comando do tráfico. Para o governador, o Acre tem mostrado resultado no combate ate ao crime, mas o tráfico internacional, motor da violência, é de responsabilidade federal e assim deve ser encarado, não só no estado, mas em toda a região Amazônica e na fronteira Oeste brasileira.
Se o Acre está de fora, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso integram a lista com cidades onde a violência é endêmica. A zona de fronteira internacional é um dos novos polos de violência, onde há concentração de rotas de contrabando de armas e tráfico de drogas. Nessa categoria estão, por exemplo, a cidade de Coronel Sapucaia (MS), que sempre ocupa lugar de destaque nos mapas da violência. Na edição, ela figura em 68º.
Outra zona de risco é o “arco do desmatamento amazônico”, locais onde projetos agrícolas e de grilagem de terra levam ao extermínio de populações locais, como foi encontrado pelo estudo na cidade de Colniza (MT). Mais uma vez o Acre fica de fora graças às preocupações ambientais e o combate ao desmatamento ilegal e à depredação da natureza.
Ainda assim, o Nordeste é a região do país que abriga o maior número de cidades violentas que aparecem no Mapa. Na edição de 2016, as seis primeiras posições são ocupadas por municípios nordestinos. Alagoas é o estado que possui a maior proporção de cidades entre as mais violentas do país. Dos 102 municípios alagoanos, 27 estão no ranking — um total de 26,5%. Ceará e Sergipe aparecem em seguida com 10,9% e 10,7%, respectivamente.
fonte  www.jornalatribuna.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.