Última hora
recent

Após dois dias, bombeiros continuam buscas por pai e filho que sumiram no Rio Juruá

Leonízio Moura Pereira, de 28 anos, e o filho, Gabriel da Conceição Pereira, de 4 anos, sumiram nas águas do Rio Juruá na manhã de sexta-feira (31). O acidente ocorreu próximo à comunidade Nova Cintra, zona rural de Rodrigues Alves, interior do estado.
Mota estava em uma canoa acompanhado da esposa e de dois filhos quando uma embarcação passou no rio e formou um banzeiro e a canoa acabou alagando. A esposa e uma filha conseguiram nadar e chegar à beira do rio. O Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul foi informado do acidente e foi deslocado para fazer buscas na região.
Erneilton Santos Costa, de 40 anos, é vizinho e amigo da vítima. Ele disse que foi informado do acidente por telefone. “Meu filho me ligou e disse que a esposa e uma menina conseguiram sair da água. Ele e o filho Gabriel afundaram e não voltaram”, contou.
O comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Rômulo Barros, disse que inicialmente a guarnição recebeu a informação de que quatro pessoas tinham morrido por afogamento no município vizinho.
"Segundo informações, foi o banzeiro de uma embarcação que provocou o alagamento da canoa onde as vítimas estavam. Quando nossa equipe chegar ao local, teremos informações precisas sobre o ocorrido”, explicou.
Após dois dias, o Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul afirmou neste domingo (2), que as buscas por Lonízio Moura Pereira, de 28 anos, e o filho dele, Gabriel da Conceição Pereira, de 4 continuam. Os dois sumiram nas águas do Rio Juruá na manhã de sexta-feira (31), após a canoa deles afundar.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.