Última hora
recent

Dupla tentou matar adolescente dentro de sala de aula por vingança, diz polícia

O motivo pelo qual o adolescente de 15 anos foi baleado na cabeça dentro da Escola Raimundo Hermíno de Melo, em Sena Madureira, interior do Acre, foi vingança. A informação foi repassada pelo secretário de Segurança Pública do Acre, Emylson Farias, na manhã desta quarta-feira (24), na Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla). Dione Alves, de 24 anos, foi preso e um menor de 16 foi apreendido pela tentativa de homicídio.
Alves foi transferido para Rio Branco e levado para o Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro. O suspeito vai ficar em uma das celas do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) do presídio. Já o menor apreendido, ficou em Sena Madureira, onde deve cumprir medida educativa.
O aluno está internado no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) em estado gravíssimo. O diretor da unidade, Fabrício Lemos, disse que o adolescente está entubado na Unidada de Terapia Intensia (UTI).
O crime ocorreu na tarde desta terça (23), quando a vítima estava em horário de aula. Segundo a polícia, dois homens armados invadiram o local e disparam contra a vítima. Equipes do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope), Batalhão Ambiental, Grupo Tático da Polícia Civil e Corpo de Bombeiros foram encaminhadas ao local. Os dois envolvidos no crime foram encontrados no bairro Cristo Libertador, próximo ao local do crime.
Ainda de acordo com a polícia, Alves seria o responsável por atirar no menor. A dupla contou em depoimento que a vítima vinha fazendo ameaças e insultos contra eles. Segundo a polícia, Alves e o menor apreendido são de uma facção rival à da vítima.
“A pessoa que praticou o crime dizia que a vítima andava perturbando muito, praticando muitos insultos e outros crimes contra eles. Foram lá para se vingar. Um é de uma facção e outro é de outra facção. É claro que isso a gente entende que é um crime covarde porque invadiu um ambiente público. Foi dentro da escola, então, um crime covarde que foi tratado com firmeza e colocado onde tem que ser colocado”, ressaltou Farias.

O secretário disse ainda que os suspeitos foram localizados em menos de três horas após o crime. Um revólver calibre 32 foi apreendido com Alves e uma escopeta encontrada com o adolescente apreendido. O secretário disse que o crime chocou a cidade de Sena Madureira.
"O maior foi o quem atirou e vai ficar preso no Antônio Amaro sem direito a visita íntima, televisão, apenas com uma hora de banho de sol como manda a lei. Um crime bárbaro que chocou Sena Madureira e três horas depois nós colocamos essa pessoa atrás das grades. Uma ação forte das forças policiais", finalizou Farias.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.