Última hora
recent

STF notifica deputados que Sebastião Viana poderá virar réu sem precisar de autorização da Aleac

O Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhou notificação aos deputados estaduais do Acre, sobre a decisão que suspendeu a exigência de autorização da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para que o governador Sebastião Viana (PT) seja processados criminalmente pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), tribunal responsável pelo julgamento de governadores.
A notificação do STF foi lida pelo secretário da Mesa, durante a leitura das pautas da sessão ordinária da última terça-feira. A exigência de autorização do Legislativo foi replicada na constituições do Acre, espelhando o que diz a Constituição Federal para o presidente da República, que só pode ser processado criminalmente após autorização da Câmara dos Deputados.
A exigência da autorização prévia do Poder Legislativo para governador virar réu em ações do STJ caiu após o julgamento que de pedido de abertura de processo criminal contra o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT). A decisão representa uma mudança na jurisprudência do STF, que vinha decidindo ser possível a exigência desse tipo de autorização.
O fim da exigência ocorre no momento que o nome de Sebastião Viana aparece na lista dos pedidos de abertura de investigação pelo ministro Edson Fachin, do STF, relator da Lava Jato, que investiga o escândalo da distribuição de propinas que inflaram o caixa 2 da campanha eleitoral de políticos brasileiros. Os irmãos Sebastião e Jorge Viana foram citados na delação da Odebrecht.
O nome do governador do Acre aparece ainda numa suposta lista de governadores que receberam ajuda da JBS, empresa que denunciou o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador Aécio Neves (PSDB) por receberem recursos de propinas na empresa doou mais de R$ 2 milhões para candidatos de situação e oposição nas últimas eleições gerais no Estado do Acre.
fonte   www.ac24horas.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.