Última hora
recent

Intel vira pedra no sapato de um dos planos mais ambiciosos da Microsoft

Um dos desenvolvimentos mais interessantes do mercado de PC nos últimos tempos foi a possibilidade de começarmos a vermos o Windows 10 rodando em processadores ARM, que daria origem a noteboooks radicalmente leves, portáteis, eficientes em consumo de bateria e com conectividade 4G. Mas existe uma parte que não está feliz com a ideia: a Intel.
A questão é que para que o Windows 10 possa rodar satisfatoriamente em processadores ARM, como os chipsets Snapdragon da Qualcomm, é necessário garantir que os softwares desenvolvidos para a arquitetura x86, da Intel, funcionem. Isso inclui os aplicativos tradicionais para Windows, que existem há décadas, como o Chrome e o Photoshop, que não são distribuídos pela Windows Store.
O problema é que para fazer isso funcionar, é necessário que os processadores ARM sejam capazes de emular a arquitetura x86, e a Intel julga que isso fere as suas propriedades intelectuais, e pode levar essa disputa aos tribunais. “Nós não recebemos bem a infrações de nossas patentes, e esperamos que as outras companhias continuem a respeitar os direitos de propriedades intelectuais da Intel”, afirma o advogado-chefe da Intel Richard A. Uhlig.

O texto publicado no blog da Intel mostra que a empresa fala sério sobre barrar a emulação da arquitetura x86. “Emulação não é uma tecnologia nova, e a Transmeta foi a última empresa notável a afirmar ter produzido um processador compatível com x86 usando técnicas de emulação”, acrescentando que na ocasião a Intel acionou a empresa judicialmente para proteger suas patentes, e que não é por um acaso que a Transmeta saiu do negócio de processadores há uma década.
A questão é que a Qualcomm não é Transmeta, mas é um conglomerado muito maior, que tem ao seu lado a gigante Microsoft. Rodar o Windows em processadores ARM é parte de um plano importante para alavancar o Windows 10 S. Não só isso: o especulado “Surface Phone” se beneficiaria radicalmente dessa proposta, elevando as capacidades do modo Continuum e transformando o dispositivo em um verdadeiro PC que cabe no bolso.
fonte   olhardigital.com.br

equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.