O deputado não é da base e não é da oposição, o deputado é do povo”, diz Jesus Sérgio ao pedir relatório sobre obras em execução no Acre - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
O deputado não é da base e não é da oposição, o deputado é do povo”, diz Jesus Sérgio ao pedir relatório sobre obras em execução no Acre

O deputado não é da base e não é da oposição, o deputado é do povo”, diz Jesus Sérgio ao pedir relatório sobre obras em execução no Acre

Share This
O deputado Jesus Sérgio (PDT) cobrou durante a sessão desta quarta-feira (28) a votação de dois requerimentos apresentados por ele. O primeiro solicita da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop) as informações referentes a todas as obras existentes no Estado que estão em andamento ou paralisadas. O segundo, deve ser encaminhado ao Depasa para que este preste esclarecimentos quanto ao andamento das obras do Programa Ruas do Povo.
“A minha fala aqui é para pedir que sejam votados hoje dois requerimentos de minha autoria apresentados aqui, um direcionado à Seop para que me envie o relatório atualizado das obras do Estado; as que estão em execução e as que estão paralisadas. O outro, encaminhado ao Depasa, ao senhor Edvaldo Magalhães, sobre o Ruas do Povo. Precisamos desses relatórios para conhecer melhor o que está sendo feito. Lá em Feijó as obras que estavam paradas foram inauguradas, como no caso do ISE. A maternidade será inaugurada dia 15 de julho, a rodoviária já está em fase de conclusão. Mas quero uma informação quanto às outras obras".
O deputado lembrou a situação do Polo Moveleiro de Tarauacá e da Fábrica de Compensados. Ele reforçou que a ideia não é fazer politicagem, mas, sim, fazer o seu trabalho parlamentar, que tem como uma das prerrogativas fiscalizar a gestão pública.
“O Polo Moveleiro de Tarauacá tem um TAC entre o Estado e o Ministério Público e estão lá os marceneiros no centro da cidade porque não têm um polo. A Fábrica de Compensados está com um monte de equipamentos dentro, mas parados. A gente não quer fazer politicagem, mas fazer com que as coisas funcionem. Cabe a nós cobrarmos do governo. Não cabe aqui ser deputado de base ou de oposição. Eu tento fazer o meu serviço. O deputado não é da base e não é da oposição, o deputado é do povo”, reforçou.
Jesus Sérgio foi enfático ao alinhar o pensamento do ministro da Saúde quanto a necessidade de pontos eletrônicos nas unidades de saúde do Acre. Ele frisou que muitas das vezes cirurgias são desmarcadas por conta da ausência de profissionais médicos que ao acumular contratos acabam deixando o serviço precário.
“Concordo nessa questão com o ministro, tem que colocar o ponto eletrônico. Muitas cirurgias são remarcadas na Fundação porque o médico não vem e a população fica à mercê. Lá em Jordão, tem quatro enfermeiros lotados, mas está sem. Foram contratados enfermeiros, mas foram transferidos. Falei para o secretário que lá tem dois enfermeiros e desses dois, um mora em Rio Branco e vai lá tira o plantão. Não sei como ele faz esse serviço. O secretário garantiu até sexta-feira resolver isso”, pontua.
Fonte: José Pinheiro, da Agência Aleac


Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages