Última hora
recent

Vigilante flagra jaguatirica no quintal de casa em Rio Branco

O vigilante Anderson Braga de Souza, de 36 anos, flagrou uma jaguatirica em cima de uma mangueira no quintal da casa onde mora, no Conjunto Universitário III, em Rio Branco. O caso ocorreu na última terça-feira (13) quando o homem cortava toras de madeira e percebeu a presença do animal somente quando foi alertado por um vizinho.
“Meu vizinho me chamou e disse para eu olhar para cima, o animal estava me olhando. Os cachorros passaram a noite latindo, acredito que ela ficou acuada e subiu na árvore onde passou a noite”, relata.
O morador decidiu chamar o Corpo de Bombeiros para buscar o animal e o encaminhar para uma área não habitada. Porém, segundo ele, o bicho estava em um local alto e decidiram não jogar rede de captura para não estressá-lo. Assim, usaram uma vara para espantar a jaguatirica.
“Eu tirei várias fotos e decidi filmar, pois se eu falasse, as pessoas não iriam acreditar. Até pensamos que ela estivesse doente, pois estava mansa e não se espantou com a gente. Acreditamos que ela tinha comido, por isso não atacou”, conta.
Souza diz que é comum receber a visita de animais no local como capivaras, jacarés e macacos. O motivo é que o quintal fica próximo a área do Parque Zoobotânico da Universidade Federal do Acre (Ufac).
O vigilante conta ainda que recentemente os moradores reclamaram do sumiço de patos e galinhas e acreditavam que estavam sendo roubados, mas agora acreditam que o animal esteja caçando na área. “Jaguatirica eu só tinha visto na TV e no Parque Chico Mendes, mas assim tão perto nunca tinha acontecido”, diz.
Biólogo diz que animal é comum na região (Foto: Anderson Braga de Souza/Arquivo Pessoal)
O biólogo Vanderson Brito diz que é comum o aparecimento de jaguatirica em aréas abertas que possuem mata e que o bicho aparece para caçar frangos, patos e até animais domésticos de pequeno porte. O animal adulto, segundo ele, chega a 80 cm de comprimento sendo 20 a 40 cm de cauda e é essencialmente carnívoro se alimentando de mamíferos pequenos e aves.
“É comum de encontrar na região e na América Latina como um todo, principalmente no Brasil. A jaguatirica tem tanto o hábito terrestre quanto arborícola. Você pode estar passeando na mata e encontrar ela em uma árvore. Possui hábitos noturnos, sai para caçar durante a noite e de dia fica escondida em uma mata mais fechada”, explica.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!

Clique na imagem para entrar em contato

Tecnologia do Blogger.