cerca de 25 pessoas, entre adultos, jovens e crianças, Tiveram Intoxicação coletiva - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
cerca de 25 pessoas, entre adultos, jovens e crianças, Tiveram   Intoxicação coletiva

cerca de 25 pessoas, entre adultos, jovens e crianças, Tiveram Intoxicação coletiva

Share This
Durante a madrugada e o dia desta terça-feira, 25, cerca de 25 pessoas, entre adultos, jovens e crianças, inclusive mulheres grávidas, deram entrada no hospital de clínicas Raimundo Chaar localizado na cidade de Brasileia, com suspeita de intoxicação  alimentar.
Todos apresentavam os sintomas de dores de cabeça, ânsia e vômitos, dores de barriga, diarreia, sendo atendidos e ficando pela equipe médica e muitos ficaram em observação tomando medicamentos e ficando em observação.
Os casos iniciaram e foram chegando no hospital, a partir da madrugada. Em alguns, família inteira sofreram após irem comprar um lanche na cidade vizinha de Epitaciolândia e irem para suas casas, sendo acordados na madrugada.
No decorrer do dia, se foi descobrindo que todos tinham em comum, o mesmo local, a lanchonete ‘Olhitos Lanches’, localizado na Avenida Santos Dumont, na cidade de Epitaciolândia.
O proprietário, Ismael Souza (28), recebeu a equipes de reportagem, onde disse que havia ficado sabendo do ocorrido por algumas pessoas e através de redes sociais, além de ter recebido visita da vigilância sanitária, onde fez uma fiscalização no estabelecimento, constatando que nada havia de irregular, fazendo apenas algumas exigências e adequações.
Ismael se defendeu dizendo que, tudo em seu estabelecimento segue as normas. “Se aconteceu algo, desconfio que tenha sido a maionese caseira que faço no dia, onde utilizo os produtos que são; ovos, óleo, orégano e limão. Peço desculpas as pessoas se causei algum problema e que estamos tomando providencias devidas”, disse.
Até o fechamento desta matéria, ninguém havia prestado queixa na delegacia da cidade. De todos os que deram entrada no hospital de Brasiléia, acreditam que tenha sido uma fatalidade e espera que as providencias sejam tomadas e que a Vigilância Sanitária do Município seja mais atuante nos estabelecimentos da cidade.
fonte  O Alto Acre.

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages