Loja de material de construção é atingida por incêndio de grandes proporções em Senador Guiomard - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Loja de material de construção é atingida por incêndio de grandes proporções em Senador Guiomard

Loja de material de construção é atingida por incêndio de grandes proporções em Senador Guiomard

Share This
Um incêndio de grandes proporções atingiu a loja de materiais de construção Ronsy, localizada na Rua Castelo Branco, avenida principal de Senador Guiomard, município distante 24 quilômetros de Rio Branco. Os Bombeiros informaram que o incêndio iniciou na noite desta sexta-feira (7), mas só foi totalmente contido na manhã deste sábado (8). O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) foi acionado à meia noite. Não houve vítimas.
"Foi um incêndio de grandes proporções que atingiu e teve início no depósito. No local funcionam a loja e o depósito. O incêndio atingiu só a metade da loja. Quando chegamos, o incêndio já havia comprometido a loja, mas a outra metade foi preservada do lado onde ficam as residências”, explicou o capitão Marcos Coutinho, do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência.
Coutinho disse que quando as viaturas chegaram no local um caminhão-pipa da prefeitura da cidade já estava na loja tentando apagar as chamas. Guarnições de três quartéis operacionais de Rio Branco foram deslocadas para atender a ocorrência.
“Nós deslocamos seis viaturas até o local. Foram gastos aproximadamente 70 mil litros de água para combater as chamas. Após sermos acionados chegamos em 20 minutos. Mais de 15 homens participaram do combate”, acrescentou o capitão.
Um incêndio, também de grandes proporções, já havia atingido o prédio da mesma loja, no dia 10 de abril de 2016, em Rio Branco. A loja, localizada na Rua São Paulo, bairro Dom Giocondo, teve perda total. Na época, a perícia detectou que um curto-circuito havia causado o incêndio.
Após o incêndio 20 funcionários da empresa chegaram a ser demitidos. O gerente de vendas da loja, Cleidson Rodrigues, de 31 anos, informou ao G1 que o prejuízo chegou a R$ 16 milhões.
fonte   g1.globo.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages