Última hora
recent

Feijó e Tarauacá lideram ranking de queimadas no Acre

Foto: Angela Peres
O último relatório de queimadas divulgado nesta quarta-feira, 16, pela Comissão Estadual de Gestão de Riscos Ambientais (CEGdRA) coloca Feijó e Tarauacá no topo do ranking dos municípios com mais registros de focos de calor em todo o Acre.
O levantamento é do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais (IMC) e subsidia as ações de órgãos de fiscalização como o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e Ibama.
Desde o início de 2017, foram registrados 40.075 focos de calor nos estados da Amazônia Legal. O Acre ocupa a sétima posição entre os nove estados da região, com 940 ocorrências – 426 somente no mês de agosto.
A maior parte das queimadas e incêndios tem ocorrido em áreas de projetos de assentamento e propriedades particulares. Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Manoel Urbano ocupam as posições seguintes da lista.
Nos próximos dias as ações de combate devem envolver pelos menos 30 agentes públicos.
“Juntos, Ibama e Imac já autuaram produtores em vários municípios do estado, superando a casa dos R$ 2 milhões. Nós pedimos o apoio da população e lembramos que a punição para este tipo de crime é severa e acarreta no embargo das propriedades”, destacou Paulo Viana, diretor-presidente do Imac.
Desde que o período de estiagem atingiu níveis críticos o governo do Estado deu início às ações previstas no Plano de Contingência. O documento prevê uma série de medidas a serem adotadas por diversos órgãos públicos.
Paralelamente à execução do plano, representantes dessas instituições se reúnem toda semana para avaliar o cronograma de atividades e definir os passos seguintes.
A Sala de Situação é uma força-tarefa da Casa Civil do governo do Acre e está instalada na sede do comando-geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBMAC)
Segundo os institutos de climatologia e previsão do tempo, até o próximo domingo são esperados pelo menos 15 milímetros de chuva para a capital.
Nas últimas 48 horas, o nível do Rio Acre apresentou elevação de 12 centímetros e estava com 1,72 metro na manhã desta quarta-feira.
O nível do Rio Madeira baixou ainda mais e marcou em 9,58 metros às 6 horas da manhã de hoje, em Vista Alegre do Abunã (RO).
fonte   www.jornalatribuna.com.br
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.