Última hora
recent

Tribunal do Júri condena assassino de agente socioeducativo a 21 anos de prisão

Agnaldo Freitas Soares, de 36 anos, assassino confesso de agente penitenciário Vando Medeiros, foi condenado a 21 anos de prisão em regime inicialmente fechado pelo Tribunal do Júri de Tarauacá. O julgamento aconteceu nesta terça feira, 22 de agosto, no Fórum Desembargador Mário Strano.
Muita movimentação em frente ao fórum desde muito cedo, onde faixas e cartazes foram estendidos por familiares da vítima.
Vando Medeiros, de 33 anos, agente socioeducativo, foi assassinado no dia 23 de outubro de 2016, a golpes de terçado no Igarapé Ibuaçu, comunidade Estirão da Hora, Rio Muru. O agente estava no seringal acompanhando sua esposa, a vereadora Veinha do Valmar, que foi eleita no último dia 02 de outubro. O casal tinha ido à comunidade agradecer os votos.
De acordo com informações colhidas por policiais e familiares, era por volta de 17 horas quando um Agnaldo foi até a casa onde Vando estava hospedado e pediu um litro de gasolina. Foi quando o agente foi até o barco para entregar o combustível e lá foi atingido com dois golpes de terçado no pescoço e nas costas.
fonte  contilnetnoticias.com.br
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.