Última hora
recent

Acusado de roubar igreja em MT está preso no Acre

O roubo de duas caminhonetes Hilux ocorrido durante reunião de membros de uma congregação evangélica da cidade de São José dos Quatro Marcos (315 km a Oeste) foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil. Um dos autores é Jackson de Jesus Veríssimo, 29 anos, conhecido por “Gonçalo” ou “Seu Gonçalo”, que foi alvo da operação Coligados, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande, na quinta-feira (14).
O criminoso está preso em Rio Branco (AC), onde teve dois mandados de prisão do Estado de Mato Grosso cumprido pela Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Decco), da Polícia Civil acreana. Um dos mandados é referente ao roubo das caminhonetes em São José dos Quatro Marcos, requisitado nas investigações comandadas pelo delegado Henrique Trevizan, e o outro da operação da Derf de Várzea Grande.
O criminoso foi preso em Rio Branco (AC), no dia 4 de setembro, com armas, munições, colete balístico e artefatos explosivos, que seriam usados para explodir caixas eletrônicos. Jackson é suspeito de integrar a quadrilha que no dia 5 de julho explodiu dois caixas eletrônicos de um supermercado da capital do Acre.
Na sexta-feira (15), Jackson foi um dos alvos da operação deflagrada pela Decco da Polícia Civil do Acre, e também teve um mandado de prisão cumprido por roubos mediante explosões de caixas eletrônicos, além das ordens de prisão de Mato Grosso.
Em São José dos Quatro Marcos, na noite do dia 18 de agosto, o suspeito, que possui diversas condenações pela prática de roubos, na companhia do adolescente de um de 17 anos, e um terceiro envolvido, invadiram a residência onde cerca de 19 membros de uma congregação evangélica estavam reunidos em um jantar.
O adolescente, Agnaldo Ferreira Gonçalves Junior, 17 anos, que foi assassinado na terça-feira (12.09), na cidade de Araputanga (345 km a Oeste), e os comparsas, todos armados com revólveres e pistolas, invadiram a residência e colocaram todos dentro de um quarto sob ameaças.
Da casa, os bandidos saíram levando as duas caminhonetes e outros pertences das vítimas como celulares, 4 alianças, uma bolsa, 3 relógios, 1 televisão, 1 caixa de som, 1 litro de whisky, 1 sacola de roupa, 2 notebooks, 3 óculos de sol, 2 perfumes, R$ 2 mil, talões de cheques e outros pertences e documentos que estavam dentro das caminhonetes.
O delegado Henrique Trevizan explicou que as investigações de campo e inteligência logo identificaram os dois executores do roubo. Jackson, que é oriundo de Várzea Grande, teve a ordem de prisão decretada, mas havia sido preso em flagrante no Acre.
O delegado disse que manteve contato com a Polícia Civil daquele Estado e enviou o mandado de prisão de São José dos Quatro Marcos, para cumprimento no presídio do Acre. O terceiro suspeito ainda é procurado.
Com informações folhamax.
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.