Última hora
recent

Bebê atingido com tiro na cabeça está em estado grave, diz tia

O estado de saúde do pequeno Adrian Levi Santiago, de 1 ano e 8 meses, é grave, segundo a tia dele, Hellen Rocha. A criança foi atingida com um tiro na cabeça na quinta-feira (7) quando passeava com o tio e dois homens passaram atirando em uma esquina no bairro Cabreúva, em Rio Branco.
Hellen relata que o pequeno apresentou uma melhora na manhã de sexta (8). No entanto, na noite do mesmo dia, o médico chamou a família e disse que Adrian teve um inchaço no cérebro e estava perdendo massa encefálica pelo ouvido.
“Foi um choque, perdemos o nosso chão. O médico disse que não nos dava esperança, que está na mão de Deus. Segundo ele, se o Adrian sobreviver, e eu creio que ele vai, ele vai ficar surdo do ouvido e não vai mais ser a mesma criança. Ele estava aprendendo a falar, era muito ativo e agora vai precisar de um acompanhamento maior”, diz.
Ainda segundo a tia, o médico lamentou a situação e disse que devido à gravidade dos ferimentos, Adrian poderia nem mesmo sobreviver até a noite. No entanto, segundo ela, o sobrinho segue lutando pela vida.
“Ele sobreviveu mais uma noite, então, foi mais uma vitória. Todo dia vai ser assim, uma vitória de cada vez. A mãe dele está em choque, não come e anda pela casa pedindo o bebê dela. Estamos todos muito abalados, mas temos fé de que ele vai se recuperar e voltar para casa”, afirma.
Entenda o caso
Adrian foi atingido com um tiro na cabeça na noite de quinta (7) no bairro Cabreúva. O pequeno estava sendo cuidado pelo tio que o levou para passear em uma praça perto de casa. No entanto, ao chegarem em uma esquina do bairro onde estava um grupo de pessoas, dois homens passaram atirando e além dele dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram atingidos por disparos nas pernas e braços.
A criança foi levada para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) onde passou por cirurgia e foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança onde segue internado.
fonte  g1.globo.com
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.