Última hora
recent

Crianças indígenas de Feijó estão morrendo por causa de desnutrição, diz Conselho Indigenista

Maria Conceição da Glória, coordenadora do Conselho Indigenista Missionário/Foto: ContilNet
A coordenadora do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) do município de Feijó, Maria Conceição da Glória Santos, está denunciando os altos índices de desnutrição e mortalidade infantil de crianças indígenas. O município ocupa o primeiro lugar em mortalidade infantil e terceiro em destruição, segundo dados do próprio Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) do Alto Juruá.
Os níveis muito superiores ao que se registra no restante do Brasil, de acordo com a missionária, foram notificados nas aldeias Ashaninka e Madija, que ficam distante cerca de sete dias de barco da sede do município. “Não se trata de falta recursos naturais ou alimentares na região, e sim das péssimas condições de vida e da desigualdade no acesso aos bens e recursos”, explicou a missionária, para quem o poder público é omisso.
Ainda segunda ela, anualmente o Cimi produz um relatório no qual notifica dezenas de casos de morte por causa de desnutrição e doenças facilmente tratáveis como diarréias, pneumonia, gripe, problemas de garganta, entre outras. “Os povos indígenas do Alto Enviara, incluindo-se aí os recém-contactados, estão praticamente abandonados”, denuncia Maria Glória dos Santos.
“O grande desafio da saúde indígena é levar atenção básica, respeitando as especificidades culturais. Nós temos nas aldeias alguns atores que são importantes e precisam ser considerados nesse processo de saúde, como pajés e parteiras. Os altos níveis de mortalidade e desnutrição acontecem na região do Alto Rio Envira e no município de Jordão”, admitiu a coordenadora distrital de saúde indígena do Alto Juruá, Milena Lopes da Silva.
No Vale do Juruá, região que abrange oito municípios, existem 16 etnias e uma população estimada de aproximadamente 18.000 índios, sendo desses, 3.500 de 0 a 5 anos de idade.
fonte  contilnetnoticias.com.br
equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.