Denúncias de abuso sexual põe Acre em situação crítica - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Denúncias de abuso sexual  põe Acre em situação crítica

Denúncias de abuso sexual põe Acre em situação crítica

Share This
Com 78,9%, o Acre é o 2º Estado do país com o maior número de denúncias de abuso sexual contra meninas, segundo estudo realizada pela Fundação Abrinq. O levantamento leva em conta dados colhidos em 2015. Ao todo, nesse ano, a maioria das denúncias feitas no disque 100 eram contra meninas.
No Brasil, o estado de Roraima lidera o ranking com 85,7% de denúncias de abuso sexual contra meninas. Em seguida aprecem os estados do Acre, Pará (76,3%) e Goiás (75,8%). Os números, segundo o levantamento, podem ser ainda maiores, pois “não obstante, sabe-se que eles representam parte do problema, já que muitas meninas e mulheres são coagidas a não registrarem qualquer denúncia”. Nesta sext-feira, 20, a polícia prendeu um homem que compartilhava imagens pornográficas de crianças em Rio Branco.
O número de denúncias envolvendo vítimas femininas no estado é maior que a média nacional, de 68,4%. No Centro-Oeste esse número também é maior. No total, 74,4% das denúncias envolvem vítimas meninas.
Os dados fazem parte do relatório divulgado “A Criança e o Adolescente nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)” divulgado pela Fundação Abrinq.
O estudo é usado para embasar a chamada Agenda 2030, na qual o governo assume perante a Organização das Nações Unidas (ONU) metas para erradicar problemas relacionados à infância e juventude. Entre os pontos estão: igualdade de gênero, erradicação da pobreza, fome zero, boa saúde e bem estar.
fonte  www.jornalatribuna.com

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages