Última hora
recent

Ufac e BR-364 devem ser prioridades no recebimento de emendas parlamentares

Em reunião nesta quarta-feira (4) no Congresso Nacional, em Brasília, a bancada do Acre se reuniu com prefeitos para debater a destinação de verbas para prefeituras e governo estadual por meio das emendas parlamentares.
O acordo foi que a BR-364 e a Universidade Federal do Acre (Ufac) serão as prioridades para receber esse recurso.
Os prefeitos foram em busca de liberação de emendas parlamentares, verbas do governo federal que deputados e senadores podem destinar para obras e melhoria de serviços públicos em seus estados.
De forma conjunta, foi discutido a destinação das 15 emendas de bancada, das quais apenas duas são impositivas, ou seja, com liberação garantida do dinheiro ou, pelo menos, de parte dele.
O governo do Acre abriu mão das emendas de bancada não impositivas, em favor dos municípios, para que os interesses deles também sejam atendidos. De acordo com o procurador do Estado, Armando Melo, como para 2018 ficou definido emendas para a Ufac e emendas para a BR 364, a população do estado do Acre é a contemplada.
“Contempla os nossos objetivos e em relação as outas emendas que não são de cunho positivo, o estado do Acre, o governador do estado abre mão em favor dos municípios, que atendam também os interesses deles”, destaca.
Além disso, também foi decidido em relação às emendas individuais. Cada deputado e senador deve destinar recursos para aumentar a realização de transplantes de fígado em Rio Branco.
“Cada parlamentar vai alocar de sua emenda impositiva, quer dizer, é um recurso que vai ser liberado, R$ 300 mil, se tratando de 11 parlamentares, os oito deputados federais e os três senadores, eu estou falando de R$ 3, 3 milhões”, diz o senador Sérgio Petecão (PSD-AC),coordenador da bancada.
As emendas individuais são a esperança dos prefeitos para cumprir promessas de campanha. O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, por exemplo, falou que passou o dia procurando deputados para que eles coloquem emendas para Rio Branco, para que se possa fazer os investimentos que a população espera.
O deputado federal pelo PT/AC, Raimundo Angelim, fala que com as emendas individuais, cada deputado conversa com os prefeitos, com o governo do estado, com as instituições de pesquisa e destina seus recursos.
A prefeita de Brasiléia, pelo PT/AC, Fernanda Hassem, diz que o foco nas emendas parlamentares junto aos senadores e deputados foi com relação à patrulha mecanizada para que o homem do campo possa ser atendido.
Para o senador pelo PT-AC, Jorge Viana, tudo deve ser feito de maneira suprapartidária para que se coloque um pouco dessas emendas em cada um dos 22 municípios do Acre e também para o governo do estado.
fonte  g1.globo.com

equipe giro feijó

equipe giro feijó

Comentários desta notícia

Atenção, não somos responsáveis pelo conteúdo do comentário que você escrever aqui, mas podemos exluir se for necessário!
Tecnologia do Blogger.